Repositório Digital

A- A A+

Uso do bagaço de mandioca em substituição ao milho no concentrado para bovinos em cresimento. 1. Consumo de matéria seca, matéria orgânica e proteína bruta

.

Uso do bagaço de mandioca em substituição ao milho no concentrado para bovinos em cresimento. 1. Consumo de matéria seca, matéria orgânica e proteína bruta

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uso do bagaço de mandioca em substituição ao milho no concentrado para bovinos em cresimento. 1. Consumo de matéria seca, matéria orgânica e proteína bruta
Outro título Use of Cassava Bagasse in Substitution of Corn in Concentrate for Growing Cattle. 1. Dry Matter, Organic Matter and Crude Protein Intake
Autor Ramos, Paulo Roberto
Prates, Enio Rosa
Fontanelli, Roberto Serena
Barcellos, Julio Otavio Jardim
Bonelli, Itamar Bressan
Resumo O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da substituição do milho por bagaço de mandioca, no concentrado das rações, sobre o consumo de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO) e proteína bruta (PB) de bovinos em crescimento. Dezesseis bezerros mestiços machos inteiros foram distribuídos em delineamento em blocos casualizados completos, em dois períodos. Quatro tipos de concentrado foram testados em associação com o fornecimento à vontade de feno de aveia/azevém (Avena strigosa, L.; Lolium multiflorum, L.) e suplementação média de concentrado de 0,83% PV. Os concentrados fornecidos aos animais diferenciaram-se pelo nível de substituição do milho por bagaço de mandioca: T1 = 0,0, T2 = 33,0, T3 = 66,0 e T4 = 99,0%. A substituição do milho por bagaço de mandioca no concentrado apresentou relação quadrática com o consumo de MS, MO e PB. O consumo máximo de MS, MO e PB foi, respectivamente, 88,53; 82,34; e 10,61 g/kg0,75. Os níveis de substituição de milho por bagaço de mandioca que geraram os consumos máximos foram 48,74; 44,14; e 43,75%, respectivamente, para MS, MO e PB. Níveis mais altos de substituição do milho por bagaço de mandioca no concentrado reduziram o consumo dos componentes estudados.
Abstract The objective of this study was to evaluate the effect of the substitution of corn by cassava bagasse in the concentrate on dry matter, organic matter and crude protein intake in growing cattle. Sixteen crossbred bulls were allotted to a completely randomized block design, in two periods. Four types of concentrate were tested in association with an ad libitum allowance of oat/ryegrass hay (Avena strigosa, L.; Lolium multiflorum, L.)and an average concentrate supplementation of .83% LW. The concentrates fed to the animals were different of corn by cassava bagasse by the substitution levels of corn: T1 = 0.0, T2 = 33.0, T3 = 66.0, and T.04 = 99%. There was a quadratic relation on DM, OM and CP intake. The maximum DM, OM and CP intake was, respectively, 88.53, 82.34, and 10.61 g/kg.75. The corn by cassava bagasse substitution levels which produced the maximum intakes were: 48.74, 44.14, and 43.75%, respectively, for DM, OM, and CP. Higher corn by cassava bagasse substitution levels in the concentrate reduced the intake of the components studied.
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science, Viçosa. Vol. 29, n.1 (jan./fev. 2000), p. 295-299
Assunto Bovino : Nutricao
[en] By-product
[en] Cassava bagasse
[en] Cattle
[en] Corn
[en] Intake
[en] Supplementation
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129377
Arquivos Descrição Formato
000295551.pdf (37.12Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.