Repositório Digital

A- A A+

Contribuição dos depósitos hepáticos de imunoglobulina a no diagnóstico da hepatopatia alcoólica

.

Contribuição dos depósitos hepáticos de imunoglobulina a no diagnóstico da hepatopatia alcoólica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Contribuição dos depósitos hepáticos de imunoglobulina a no diagnóstico da hepatopatia alcoólica
Outro título Contribution of hepatic immunoglobulin A to the diagnosis of alcoholic hepatopathy
Autor Mazzoleni, Luiz Edmundo
Edelweiss, Maria Isabel Albano
Kupski, Carlos
Barros, Sergio Gabriel Silva de
Reichel, Carlos Luiz
Resumo Racional – A doença hepática alcoólica é enfermidade grave e freqüente e o seu diagnóstico nem sempre é fácil. Objetivo – Avaliar a contribuição de depósitos de imunoglobulina A (IgA) nos sinusóides hepáticos para o diagnóstico da hepatopatia alcoólica. Casuística e Método – Foi estudada a presença de imunoglobulina A por imunofluorescência direta em 59 pacientes submetidos a punção biopsia hepática, indicada por alterações clínicas ou laboratoriais sugestivas de hepatopatia crônica. Resultados – Constatou-se deposição significativa de imunoglobulina A hepática em alcoolistas, em comparação com os não-alcoolistas, com sensibilidade de 76% (IC95%: 54,5-89,8) e especificidade de 73,5% (IC95%: 55,3-86,5). Em indivíduos que apresentavam só o álcool como agente etiológico da hepatopatia, comparados com o grupo de portadores dos vírus B e C, os resultados foram ainda mais significativos, com sensibilidade de 85,7% (IC95%: 56,2- 97,5) e especificidade de 89,5% (IC95%: 65,5%-98,2%). Conclusão – A deposição de imunoglobulina A nos sinusóides hepáticos apresenta sensibilidade e especificidade para o diagnóstico da lesão hepática induzida pelo álcool. Esse recurso pode ser particularmente útil quando a histologia convencional não consegue definir a causa específica da alteração encontrada.
Abstract Alcoholic hepatic disease is a severe and frequent disease and its diagnosis is not always an easy task. Aim – To assess the contribution of immunoglobulin A (IgA) in the hepatic sinusoids for diagnosis of alcoholic hepatopathy. Patients and method – The presence of IgA was studied through direct immunofluorescence in 59 patients submitted to hepatic needle biopsy, indicated by clinical or in vitro changes suggestive of chronic hepatopathy. Results – A significant deposition of IgA was found in alcoholic patients as compared to non-alcoholic patients, with 76% sensitivity (95%CI: 54.5-89.8) and 73.5% specificity (95%CI: 55.3-86.5). In individuals who present only alcohol as the etiological agent of hepatopathy, compared with the subgroup of B or C virus carriers, the results were even more significant, with 85.7% sensitivity (95%CI: 56.2-97.5) and 89.5% specificity (95%CI: 65.5-98.2). Conclusion – The deposition of IgA in the hepatic sinusoids presents sensitivity and specificity for the diagnosis of an alcohol-induced hepatic lesion. This resource can be particularly useful when conventional histology can not be define a specific cause for the change found.
Contido em Arquivos de gastroenterologia. São Paulo. Vol. 38, n. 3 (jul./set. 2001), p. 162-167
Assunto Biópsia
Estudos transversais
Figado : Patologia
Hepatopatias alcoólicas
Imunoglobulina A
[en] Alcoholic liver disease
[en] Biopsy
[en] Diagnosis
[en] IGA
[en] Pathology
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129425
Arquivos Descrição Formato
000335028.pdf (162.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.