Repositório Digital

A- A A+

A transição do casal para a parentalidade

.

A transição do casal para a parentalidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A transição do casal para a parentalidade
Autor Corrêa, Cátia Nunes
Orientador Lopes, Rita de Cassia Sobreira
Data 2001
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia do Desenvolvimento.
Assunto Maternidade
Paternidade
Resumo Esta dissertação propõe um estudo sobre uma etapa do desenvolvimento humano marcada por profundas transformações, a transição para a parentalidade. O tomar-se pai ou o tomar-se mãe, comparado a outros estágios do desenvolvimento humano, não tem recebido um tratamento adequado por parte dos pesquisadores. Procurando contribuir para uma maior compreensão nessa área de conhecimento, foi desenvolvido um estudo de caso instrumental (Stake, 1994), longitudinal, de natureza qualitativa, realizado em 2 etapas: a primeira, no último trimestre de gravidez e a segunda, aos três meses de vida do bebê. Em ambas etapas foram realizadas entrevistas individuais e conjuntas com os participantes. A amostra foi composta de seis casais adultos, com idade entre 20-40 anos, que esperavam seu primeiro filho ao ingressar na pesquisa. A análise dos dados foi realizada segundo a proposta de análise de conteúdo desenvolvida por Laville e Dionne (1997/1999), e apoiando-se na teoria psicanalítica, considerada em sua perspectiva desenvolvimentista. Os resultados desse estudo, tomados em conjunto, apontam para uma idealização em relação ao futuro, tanto por parte da gestante, quanto do futuro pai. As expectativas em relação ao bebê e ao relacionamento conjugal eram positivas e parecem ter se confirmado no t~rceiro mês de vida do bebê. O casal estava mais unido e percebia o cônjuge como um bom pai ou mãe. Todavia, se considerarmos as especificidades de cada caso, sobretudo no planejamento e confirmação da gravidez, nas vicissitudes observadas na elaboração de um espaço para o bebê durante a gravidez e após o nascimento do mesmo, percebemos a necessidade de compreendermos a transição para a parentalidade como uma etapa do desenvolvimento individual, uma vez que as dificuldades que surgiram entre os casais pareciam estar relacionadas às aquisições desenvolvimentais da vida adulta.
Abstract This thesis presents a study on a particular stage of human development that is characterized by deep changes: the transition to parenthood. Becoming the parent of a child, when compared to other stages of human development, is a stage that has not yet received adequate treatment by researchers. In attempt to contribute to a better understanding of this topic, a instrumental case study (Stake, 1994) was developed, which is logitudinal, of qualitative nature, and carried out in two parts: the first part, in the last trimester of pregnancy, and the second, when the baby is three months old. For both parts, serni-structured interviews, both individual and joint, were carried out with the participants. The sample comprised six adult couples, ages between 20-40, expecting their first-bom when they joined this research work. Data analysis was carried out according to Laville e Dionne (1997/1999), following their model for analysis of content, and based on theoretical conceptions developed within the psychoanalytic theory as considered from its developmental perspective. The results of the present study, taken as a set, show the corroboration of expectations of the pregnancy period. Once the baby was bom, the marital relationship improved, the couple became more connected, and the spouses saw each other as good parents. Considering the specificities of each case, it became clear that there is a need for better understanding the transition to parenthood as a stage of development, since the difficulties that emerged between the spouses seem to be associated with their achieving the third individuation (Corolassu, 1990). This third individuation equates with the developmental acquisitions of an adult individual.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/129768
Arquivos Descrição Formato
000313326.pdf (17.75Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.