Repositório Digital

A- A A+

Comportamento da frequência cardíaca em indivíduos sadios com e sem administração de beta-bloqueador em repouso e em exercício dentro e fora da água

.

Comportamento da frequência cardíaca em indivíduos sadios com e sem administração de beta-bloqueador em repouso e em exercício dentro e fora da água

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comportamento da frequência cardíaca em indivíduos sadios com e sem administração de beta-bloqueador em repouso e em exercício dentro e fora da água
Outro título Behavior of the heart rate in healthy individuals with and without administration of beta-blocker in rest and exercising in and out of water
Autor Turra, Nadia Andrea
Orientador Kruel, Luiz Fernando Martins
Co-orientador Ribeiro, Jorge Pinto
Data 2003
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Exercícios aquáticos
Fisiologia do exercício
Frequência cardíaca
Resumo Sabe-se que o exercício físico na água produz respostas fisiológicas diferentes do que o exercício em terra, devido ao efeito hidrostático da água no sistema cardio-respiratório, bem como a acentuada dissipação de calor na água, comparada ao ambiente terrestre. Em repouso ou em exercício no meio aquático, o organismo apresenta alterações que se refletem na freqüência cardíaca (FC). O objetivo deste estudo foi identificar as respostas da FC em indivíduos saudáveis com e sem administração de beta-bloqueador em repouso e em exercício dentro e fora da água. Quinze alunos da Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul fizeram parte da amostra. A avaliação foi realizada de forma duplo-cego, com administração do beta-bloqueador metoprolol 100 mg (via oral) e de placebo, foi utilizado um protocolo de exercício escalonado contínuo. A média da idade foi de 22,33±1,84 anos, estatura de 171,00±0,12 cm e massa corporal de 64,99±14,50 Kg. Foi realizado um Teste “T” de Student para amostras dependentes com nível de significância de 5% para: a) comparar a FC com e sem a utilização de beta-bloqueador nas variáveis FC inicial (FC de repouso em pé) no meio terrestre com e sem beta-bloqueador (FCICB - 66,40±9,65 bpm vs. FCISB - 81,67±12,75 bpm), FC inicial no meio aquático (FCACB - 54,67±7,91 bpm vs. FCASB - 65,53±8,45 bpm), FC em exercício na terra e na água (FCMTCB - 162,60±17,51 bpm vs. FCMTSB - 179,73±10,95 bpm e FCMACB - 149,93±21,85 bpm vs. FCMASB - 172,80±13,94 bpm); a FC máxima em esteira (FCMECB - 169,93±17,27 bpm vs. FCMESB - 189,66±8,38 bpm), e a sensação subjetiva do esforço (SSE) na terra e na água (SSETCB - 15,60±1,06 vs. SSETSB - 16,00±1,41 e SSEACB - 15,53±1,19 vs. SSEASB - 15,53±0,99) e b) comparar os comportamentos das variáveis FC e SSE entre os dois meios experimentais (FCICB vs. FCACB; FCISB vs. FCASB; FCMTCB vs. FCMACB; FCMTSB vs. FCMASB; SSETCB vs. SSEACB e SSETSB vs. SSEASB). Encontramos diferenças significativas em todas as comparações, exceto na comparação da FCMTSB vs. FCMASB e nas comparações de SSE. Como a sensação subjetiva do esforço não diferiu estatisticamente em nenhuma das situações experimentais, concluímos que devemos usá-la para determinar a carga de trabalho em pessoas que usam beta-bloqueador durante exercício em água.
Abstract It is known that physical exercising in water produces different physiological responses than exercising in land, due to the hydrostatic effect of water in the cardio-respiratory system, as well as the accentuated heat dissipation in water, compared to the terrestrial environment. In rest or exercising in aquatic mean, the organism presents alterations that reflect in the heart rate (FC). The objective of this study was to identify the responses of the heart rate in healthy individuals with and without administration of beta-blocker in rest and exercising, in and out of water. Fifteen students of the School of Physical Education of the Federal University of Rio Grande do Sul had been part of the sample. The double-blind technique was used to evaluate, with administration of metoprolol 50 mg (oral administration) and placebo, a continuous chelonated exercises protocol was used. The age average was 22,33 +/- 1,84 years, stature 171,00 +/- 0,12 cm and corporal mass 64,99 +/- 14,50 kg, carried through a "T" Test of Student for dependent samples with significance level of 5%: a) to compare the heart rate (FC) with and without beta-blocker use in initial variable FC in the terrestrial mean (FCICB - 66,40 +/- 9,65 bpm versus FCISB - 81,67 +/- 12,75 bpm), initial FC in the aquatic mean (FCACB - 54,67 +/- 7,91 bpm versus FCASB - 65,53 +/- 8,45 bpm), heart rate when exercising in land and in water (FCMTCB - 162,60 +/- 8,45 bpm versus FCMTSB - 179,73 +/- 10,95 bpm and FCMACB - 149,93 +/- 21,85 bpm versus FCMASB - 172,80 +/- 13,94 bpm); the maximum heart rate in treadmill (FCMECB - 169,93 +/- 17,27 bpm versus FCMESB - 189,66 +/- 8,38 bpm) and the subjective sensation of effort (SSE) in land and water (SSETCB - 15,60 +/- 1,06 versus SSETSB - 16,00 +/- 1,41 and SSEACB - 15,53 +/-1,19 versus SSEASB - 15,53 +/- 0,99) and b) to compare the behaviors of the FC and SSE variables between the two experimental means (FCICB versus FCACB; FCISB versus FCASB; FCMTCB versus FCMACB; FCMTSB versus FCMASB; SSETCB versus SSEACB and SSETSB versus SSEASB). Significant differences were found in all the comparisons, except in the FCMTSB versus FCMASB comparison and in the SSE comparisons. As the subjective sensation of effort did not differ statiscally in none of the experimental situations, the conlcusion is that it must be used to determine the work load in people who ingest beta-blocker when exercising in water.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/129836
Arquivos Descrição Formato
000977705.pdf (693.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.