Repositório Digital

A- A A+

Motivos que levam à prática regular de atividades físicas : um estudo com praticantes de ginástica de academia

.

Motivos que levam à prática regular de atividades físicas : um estudo com praticantes de ginástica de academia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Motivos que levam à prática regular de atividades físicas : um estudo com praticantes de ginástica de academia
Autor Arsego, Nígia Ramalho
Orientador Balbinotti, Carlos Adelar Abaide
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Atividade física
Ginastica de academia
Motivação
Psicologia do esporte
[en] Gymnasium
[en] Gymnastics
[en] Motivation
[en] Physical activity
Resumo O presente estudo busca explorar aspectos que estão associados às dimensões motivacionais para a prática regular de atividades físicas em academias de ginástica. O objetivo geral deste estudo é identificar, dentre as principais dimensões motivacionais (Controle de Estresse, Saúde, Sociabilidade, Competitividade, Estética e Prazer), aquelas que representam os principais motivos que levam à prática regular de ginástica de academia. A pesquisa realizada utilizou-se de método misto (quantitativo e qualitativo). O estudo procurou testar se existem (ou não) diferenças estatisticamente significativas entre as médias das dimensões avaliadas pelo Inventário de Motivos para a Prática Regular de Atividades Físicas ou Esportivas - IMPRAFE-54 (BALBINOTTI; BARBOSA, 2006; 2008), controlando-se as variáveis “Sexo”, “Faixa Etária” e “Tempo de Prática”, além de utilizar-se de entrevistas a fim de entender melhor os resultados obtidos na parte quantitativa. Os itens do IMPRAFE-54 são respondidos em uma escala de Tipo Likert, graduados em cinco pontos, indo de “Isto me motiva pouquíssimo” (1) a “Isto me motiva muitíssimo” (5). O inventário foi aplicado em 151 praticantes de aulas de ginástica de academia em academias de Porto Alegre/RS de ambos os sexos com idades entre 18 e 75 anos. As entrevistas foram realizadas com 8 (oito) praticantes representativos da amostra que cumpriam os critérios pré-estabelecidos. Constatou-se que as dimensões que mais motivam os praticantes de aulas de ginástica são: Saúde seguida pelo par Estética e Prazer estatisticamente indissociável (p > 0,05), Controle de Estresse, Sociabilidade e, por último, Competitividade, o que é confirmado pelas respostas das entrevistas. Com relação às variáveis controladas, os resultados apontam que Sociabilidade motiva mais significativamente os praticantes do sexo masculino enquanto que Estética, mais os do sexo feminino. Sobre as faixas etárias, encontrou-se que Estética motiva mais significativamente os praticantes de 18 a 35 anos enquanto que Sociabilidade mais aqueles de 36 a 75 anos. Em relação ao tempo de prática, a Sociabilidade aparece como a que motiva mais significativamente os praticantes que ingressaram há mais de 1 ano. As demais dimensões motivam da mesma forma tanto aqueles que aderiram há menos de 1 ano, quanto os que permanecem há mais de 1 ano. Conclui-se que a motivação dos sujeitos testados se origina, predominantemente, na dimensão Saúde (motivação extrínseca). Para o professor é uma informação relevante para que ele possa focar suas aulas em fazer com que os alunos alcancem seus objetivos, aumentando sua frequência e permanência nas aulas. Novas pesquisas são importantes para que se possa melhor mapear os motivos de diferentes praticantes com outras variáveis controladas.
Abstract This present study searches to explore the aspects that are connected with motivational dimensions to the regular practice of physical exercises in gymnasiums. The general objective of this study is to identify, among the principal motivational dimensions (Stress Control, Health, Sociability, Competition, Aesthetics and Pleasure), the ones that represent the main reasons that lead to regular practice of gymnastics in a gymnasium. This research used both quantitative and qualitative methods. The study aimed at testing whether or not there are significant statistical differences among the averages of the dimensions evaluated by the Inventory of Motives for the Regular Practice of Physical and Sport Activities - IMPRAFE-54 (BALBINOTTI; BARBOSA, 2006; 2008) controlling the variances “Sex”, “Age” and “Time of Practice”, besides using interviews to better understand the results in the quantitative part. The items of IMPRAFE-54 are responded in a Likert Scale graded in five points, from “This motivates me very little” (1) to “This motivates me very much” (5). The inventory was applied in 151 practitioners of classes in gymnasium gymnastics in gymnasiums of Porto Alegre/RS, of both sexes, ages from 18 to 75 years old. The interviews were performed with 8 (eight) practitioners representative of the sample and who followed the pre-established criteria. It was found out that the dimensions that most motivated the practitioners of gymnastic classes are: Health, followed by the pair Aesthetics and Pleasure statistically inseparable (p > 0,05), Stress Control, Sociability and, at last, Competition, what is confirmed by the interview answers. Regarding the controlled variances, the results show that Sociability motivates more significantly male practitioners while Aesthetics motivate the female ones. Concerning the age, it was found out that Aesthetics motivates more significantly the practitioners from 18 to 35 years old, while sociability motivates the ones from 36 years old on. Regarding practice time, sociability appears as the one that motivates more significantly the practitioners who have started for over one year. The other dimensions motivate the same way both the ones who have adhered less than one year as well as the ones who have remained over one year. It is concluded that the motivation of the tested subjects mainly arises in the Health dimension (extrinsic motivation). For the teacher, it is relevant information so that he or she may focus his or her classes to enable students to achieve their goals, increasing both their class attendance and stay. New researches are important to map the reasons of different practitioners with other controlled variances.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/129859
Arquivos Descrição Formato
000977617.pdf (1.282Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.