Repositório Digital

A- A A+

Percepção de enfermeiros sobre utilização do protocolo do Sistema de Classificação de Risco Manchester

.

Percepção de enfermeiros sobre utilização do protocolo do Sistema de Classificação de Risco Manchester

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Percepção de enfermeiros sobre utilização do protocolo do Sistema de Classificação de Risco Manchester
Autor Bohn, Marcia Luciane da Silva
Lima, Maria Alice Dias da Silva
Duro, Carmen Lúcia Mottin
Abreu, Kelly Piacheski de
Resumo O estudo teve como objetivo analisar a percepção de enfermeiros sobre o protocolo do sistema de Classificação de Risco Manchester. Pesquisa qualitativa descritiva, realizada em outubro de 2012, por meio de entrevistas semiestruturadas com 15 enfermeiros do Serviço de Emergência de um hospital universitário da região sul do Brasil. Os dados foram submetidos à análise temática. Os resultados indicam que o protocolo do Sistema de Classificação de risco de Manchester padroniza a conduta dos profissionais, conferindo segurança para priorizar o risco de usuários que buscam atendimento em serviços de emergência. Além disso, propicia respaldo legal aos profissionais, baseando-se em critérios objetivos e previamente definidos. As dificuldades apontadas para a realização da atividade foram: o desconhecimento da população sobre o protocolo, a precariedade do fluxo de encaminhamento para a rede de serviços de saúde e a resistência da equipe médica a um trabalho conjunto. Conclui-se que a utilização do protocolo do sistema de classificação de Manchester propiciou melhoria na organização do fluxo de usuários no serviço de emergência e na qualidade do atendimento prestado.
Abstract The study aimed to analyze the perceptions of nurses regarding the Manchester Risk Classification System Protocol. It is a qualitative descriptive research, accomplished in October 2012, by means of semi-structured interviews with 15 emergency service nurses of a university hospital in southern Brazil. The data were submitted to a thematic analysis. The results indicate that the Manchester Risk Classification System Protocol standardizes the conduct of professionals, giving security to prioritize the risk of users who seek care at emergency services. In addition, it provides legal support to professionals, based on objective and previously defined criteria. The pointed out difficulties for the accomplishment of the activity were: the unawareness of the population about the Protocol, the precariousness of the stream of referrals to the network of health services and medical staff resistance to joint work. It is concluded that the use of the Manchester Risk Classification System Protocol led to improvement in organizing the flow of users in emergency services and in the quality of the provided service.
Resumen El estudio tuvo como objetivo analizar la percepción de enfermeros sobre el protocolo del sistema de Clasificación de Riesgo Manchester. Investigación cualitativa descriptiva, realizada en octubre de 2012, por medio de entrevistas semiestructuradas con 15 enfermeros del Servicio de Urgencia de un hospital universitario de la región sur de Brasil. Los datos fueron sometidos al análisis temático. Los resultados indican que el protocolo del Sistema de Clasificación de riesgo de Manchester estandariza la conducta de los profesionales, confiriendo seguridad para priorizar el riesgo de usuarios que buscan atención en servicios de urgencia. Además, propicia apoyo legal a los profesionales, basándose en criterios objetivos y previamente definidos. Las dificultades señaladas para la realización de la actividad fueron: el desconocimiento de la población sobre el protocolo, la precariedad del flujo de encaminamiento para la red de servicios de salud y la resistencia del equipo médico a un trabajo conjunto. Se concluye que la utilización del protocolo del sistema de clasificación de Manchester propició mejoría en la organización del flujo de usuarios en el servicio de urgencia y en la calidad de la atención prestada.
Contido em Ciência, cuidado e saúde. Maringá. Vol. 14, n.2 (abr./jun. 2015), p. 1004-1010
Assunto Enfermagem em emergência
Serviços médicos de emergência
Triagem
[en] Emergency Medical Services
[en] Emergency Nursing
[en] Triage
[es] Enfermería de Urgencia
[es] Servicios Médicos de Urgencia
[es] Triaje
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129891
Arquivos Descrição Formato
000977204.pdf (68.09Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.