Repositório Digital

A- A A+

Características de usuários de crack atendidos em um Centro de Atenção Psicossocial : concepção da equipe

.

Características de usuários de crack atendidos em um Centro de Atenção Psicossocial : concepção da equipe

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Características de usuários de crack atendidos em um Centro de Atenção Psicossocial : concepção da equipe
Outro título Health care workers’ concept of characteristics of crack users treated at a psychosocial care cen
Autor Lacchini, Annie Jeanninne Bisso
Nasi, Cíntia
Oliveira, Gustavo da Costa
Pinho, Leandro Barbosa de
Schneider, Jacó Fernando
Resumo O crack vem se constituindo como um problema de saúde pública, face à sua natureza multifatorial, trazendo desafios aos trabalhadores. Este estudo objetivou conhecer a concepção de uma equipe de saúde mental sobre as características de usuários de crack atendidos em um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). Trata‐se de um recorte de pesquisa avaliativa, qualitativa, do tipo estudo de caso, desenvolvida com oito profissionais da equipe de um CAPS. Segundo a equipe existem três características que definem os usuários de crack que frequentam o CAPS: 1) são usuários que demandam urgências de cuidados; 2) são usuários de difícil manejo e frágil adesão ao serviço e 3) são usuários que não possuem um perfil definido. Conclui‐se que é preciso reconhecer as diferentes demandas trazidas aos serviços pelos usuários de crack, uma vez que exige uma reorganização dos serviços e a problematização das práticas para atender esta nova realidade.
Abstract Crack use is a growing, multifactorial public health problem and presents challenges to health care workers. This study aimed to understand how a mental health team conceives of the characteristics of crack users treated in a psychosocial care center (CAPS) in the Brazilian public health care network. This is an evaluative, qualitative case study, developed with eight health care professionals who are members of a CAPS team. According to the team, there are three characteristics that define the crack users who receive care at the CAPS: 1) they require urgent care; 2) they are difficult to manage, and have low adherence to the service; and 3) they do not have a defined profile. The article concludes that it is necessary to recognize that crack users have different health care needs that require reorganization and questioning of practices in order to attend to this new reality.
Contido em Revista Eletrônica de Enfermagem. Goiânia. Vol. 17, n.2 (abr./jun. 2015), p. 196-204
Assunto Centro de atenção psicossocial
Enfermagem em saúde mental
Transtornos relacionados ao uso de substâncias
[en] Health services
[en] Mental health
[en] Nursing
[en] Substance‐related disorders
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129947
Arquivos Descrição Formato
000975259.pdf (140.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.