Repositório Digital

A- A A+

A voz dos ausentes na terra do nada : a ação cultural como estratégia de religação do homem à natureza

.

A voz dos ausentes na terra do nada : a ação cultural como estratégia de religação do homem à natureza

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A voz dos ausentes na terra do nada : a ação cultural como estratégia de religação do homem à natureza
Autor Dalla Zen, Ana Maria
Orientador Milanesi, Luís
Data 2002
Nível Doutorado
Instituição Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação. Área da Ciência da Informação e Documentação.
Assunto Ação cultural
Desenvolvimento sustentável
Permacultura
São José dos Ausentes (RS)
[en] Cultural action
[en] Permaculture
[en] Sustanable development
Resumo Este trabalho relata uma experiência de construção de um projeto de desenvolvimento sustentado proposto pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul na cidade de São José dos Ausentes, RS. Examina a tese de que a ação cultural é uma estratégia privilegiada para incentivar um sentimento de religação do homem à natureza. Investiga o papel que a universidade desempenha no planejamento de um processo de inclusão social de uma comunidade com forte grau de exclusão social, econômica e cultural. Avalia a eficácia da abordagem interdisciplinar na construção de um projeto de desenvolvimento fundado nos dos conceitos de permacutura, complexidade, sustentabilidade e ecologia social. Analisa o que pensa, o que busca e no que acredita uma comunidade que, embora vivendo dentro de um santuário ecológico do planeta, sobrevive em condições precárias, sem alternativas de futuro e baixa auto-estima. Utiliza a abordagem de pesquisa-participante e se identifica com o modelo pós-estruturalista de ciência, em que a subjetividade dos sujeitos, suas emoções e histórias de vida pessoal têm espaço reservado numa investigação que não pretende ser mais do que ser um recorte da realidade na perspectiva de seus atores, dos meios de comunicação e da autora. Conclui que São José dos Ausentes já apresenta resultados de um processo de mudança para inclusão social, relacionados com a articulação entre seus atores sociais, através da democracia participativa no processo decisório e da parceria com a Universidade, numa experiência interdisciplinar de ensino, pesquisa e extensão. No entanto, a ausência de políticas públicas mais abrangentes, a carência de uma estrutura econômica mais sólida e a própria resistência à mudança entre alguns segmentos, limitam o processo do alcance dos objetivos dessa forma de ação cultural enquanto estratégia de religação do homem à natureza.
Abstract This research work reports an experience on the construction of a sustainable development project for the town of São José dos Ausentes proposed by the Federal University of Rio Grande do Sul. It examines the thesis that cultural action is an appropriate strategy to enhance the human attachment to nature. It also investigates the role university plays in the planning of a social inclusion project for a community that shows a strong degree of social, economic and cultural exclusion. The work assesses the efficacy of the interdisciplinary approach in the construction of a development project grounded in the concepts of permaculture , complexity, sustainability and social ecology. It analyzes thoughts, aspirations and beliefs of a community that, although living in an ecology sanctuary, survives under daunting conditions, which include no hopes for the future and low self-esteem. The research work makes use of a participative research approach and identifies itself with a post-structuralist model of science, in which the subjectivity of the individuals, their emotions and life stories have a privileged place in an investigation that does not aim to be more than one account of the reality as perceived by its actors, the media and the author. It concludes that São José dos Ausentes already shows the results of a change towards social inclusion, resulting from the connection amongst its social actors through participative democracy in the decision making process and the partnership with the university, in an interdisciplinary experience in learning, research and extension. However, the lack of encompassing public policies, the insufficiency of a solid economic structure and the reluctance to change from some sectors hinder the accomplishment of the objectives of a cultural action strategy to link man to nature.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/130015
Arquivos Descrição Formato
000386377.pdf (1.038Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.