Repositório Digital

A- A A+

Terceira margem do hospital psiquiátrico : ética, etnografia e alteridade

.

Terceira margem do hospital psiquiátrico : ética, etnografia e alteridade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Terceira margem do hospital psiquiátrico : ética, etnografia e alteridade
Autor Poglia, Mário Eugênio Saretta
Orientador Rohden, Fabiola
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social.
Assunto Alteridade
Antropologia simetrica
Ética
Etnografia
Hospital psiquiátrico
Saúde mental
[en] Anthropology of madness
[en] Ethnography in psychiatric hospital
[en] Mental health
[en] Micropolitics
[en] Symmetric anthropology
Resumo A elaboração desta dissertação se constituiu na tentativa de pensar uma terceira margem no hospital psiquiátrico através de uma etnografia que enfrenta problemas que estão na base da própria consolidação da disciplina antropológica e dos pressupostos filosóficos que a constituíram. Analisa-se se aqueles que estão no hospital psiquiátrico na situação de pacientes seriam diferentes demais para que a disciplina que se propõe pensar a diferença possa levá-los a sério como objeto e, simultaneamente, sujeitos de pesquisa. A descrição etnográfica visa abranger a multiplicidade subjetiva produzida por internados a partir de uma Oficina de Criatividade e os efeitos ontológicos produzidos por maiorias morais que reivindicam um acesso privilegiado à realidade e ao bom juízo. Atento a processos subjetivos inusitados potencialmente capazes de problematizar os modelos dominantes de codificação, os quais poderiam ser desconsiderados em nome da autoridade de saberes especializados no campo da saúde mental, o efeito etnográfico multiplica o tecido político ao evidenciar processos de singularização por parte de usuários e moradores de um hospital-que-foi-hospício.
Abstract The formulation of this research consisted to attempt to think the third bank in the psychiatric hospital through ethnography facing problems that underlie the consolidation itself of anthropological discipline and its philosophical presuppositions. Those at the psychiatric hospital in the situation of patients would be too different for the discipline that think about the difference may take them seriously as an object and simultaneously research subjects? The ethnographic description addresses the subjective multiplicity produced from a Creativity Workshop inside the institution and the ontological effects produced by moral majorities who claim a privileged access to reality and good judgment. Attentive to unusual subjective processes potentially able to question the dominant models of coding which could be disregarded in the name of the authority of specialized knowledge in the mental health field, the ethnographic effect multiplies the political texture to emphasize subjective processes by users and hospitalized of a hospital that was hospice.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/130017
Arquivos Descrição Formato
000968609.pdf (811.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.