Repositório Digital

A- A A+

Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) : uma comparação das famílias cadastradas em áreas urbana e rural de São Lourenço do Sul, RS, 2012-2014

.

Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) : uma comparação das famílias cadastradas em áreas urbana e rural de São Lourenço do Sul, RS, 2012-2014

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) : uma comparação das famílias cadastradas em áreas urbana e rural de São Lourenço do Sul, RS, 2012-2014
Autor Peters, Carla Weber
Orientador Bordin, Ronaldo
Data 2015
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de especialização em Gestão em Saúde (UAB).
Assunto Atenção primária à saúde
Gestão em saúde
Resumo Objetivo: Sistematizar variáveis presentes no Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) referentes às unidades com Estratégia de Saúde da Família (ESF) de São Lourenço do Sul, comparando as áreas urbana e rural no triênio 2012-2014. Métodos: Emprego de variáveis selecionadas que descrevem as condições de vida da população de acordo com a área de abrangência e a avaliação das ações em saúde desenvolvidas na Atenção Básica. Resultados: As famílias rurais cadastradas apresentavam como principal destino do lixo ser queimado ou enterrado (79,2%), consumindo água sem tratamento (89%), proveniente de poço ou nascente (94,3%), sendo o emprego de fossa (75,7%) o destino das fezes e urina. Da totalidade de famílias cadastradas, 70,6%, em área rural, e 61%, em área urbana, eram acompanhadas e 49,3% e 43,7%, respectivamente, receberam visitas domiciliares dos agentes comunitários de saúde. O total geral de consultas médicas foi maior na área rural, com menor proporção de encaminhamentos médicos (5,75%) e maior de atendimentos de puericultura, prevenção do câncer cérvico uterino a e atendimentos em grupos para a realização de ações de educação em saúde. Na área urbana, os de atendimento de Pré-natal, hipertensos e diabéticos foram superiores. Conclusão: O estudo permitiu a conhecer a realidade sócio-sanitária das famílias cadastradas e o perfil da atenção básica, de acordo com as especificidades dos territórios, podendo servir como apoio para melhoria do acesso e qualidade das ações em saúde.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/130160
Arquivos Descrição Formato
000974218.pdf (550.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.