Repositório Digital

A- A A+

Apoio do TelessaúdeRS/UFRGS na implantação da estratégia e-SUS Atenção Básica no Rio Grande do Sul, 2014

.

Apoio do TelessaúdeRS/UFRGS na implantação da estratégia e-SUS Atenção Básica no Rio Grande do Sul, 2014

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Apoio do TelessaúdeRS/UFRGS na implantação da estratégia e-SUS Atenção Básica no Rio Grande do Sul, 2014
Autor Cunha, Natássia Scortegagna da
Orientador Harzheim, Erno
Co-orientador Guaranha, Camila
Data 2015
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de especialização em Gestão em Saúde (UAB).
Assunto Atenção primária à saúde
Gestão em saúde
Telessaúde
Resumo Em 2013, o Ministério da Saúde instituiu o Sistema de Informação em Saúde da Atenção Básica (SISAB) e disponibilizou, para as unidades de saúde, a estratégia e-SUS AB, composta por dois sistemas que instrumentalizam a coleta dos dados que serão inseridos no SISAB. O TelessaúdeRS/UFRGS apoia a implantação do e-SUS no Rio Grande do Sul desenvolvendo capacitações presenciais e a distância no Estado. Este trabalho tem como objetivo verificar a associação entre o status de implantação do e-SUS AB nos 497 municípios do Estado e a realização de atividades de apoio do TelessaúdeRS/UFRGS nesses municípios no ano de 2014. A coleta dos dados abarcou o período de janeiro a dezembro de 2014. Foram consideradas as capacitações presenciais – realizadas in loco, locorregional e na sede do TelessaúdeRS – e também a distância – promovidas através de webpalestras, webconferências e teleconsultorias. Na avaliação, foram empregados os critérios utilizados pelo Departamento de Atenção Básica (DAB): não iniciado, incipiente, intermediário e implantado. Para verificar a relação entre o status de implantação e a realização de atividades de apoio do TelessaúdeRS/UFRGS foi realizado teste estatístico χ2 com correção de continuidade através do software SPSS versão 18, com nível de confiança de 95%. Todos os municípios foram contatados pela equipe de campo do TelessaúdeRS/UFRGS para o processo de implantação do e-SUS AB. Em 2014, foram capacitados presencialmente 436 municípios (87,73%) e a distância 273 (54,93%). Na modalidade in loco, foram feitas 185 capacitações (37,23%). Foram realizadas, ainda, 436 teleconsultorias, 236 de TI (Tecnologia da Informação) e 200 de uso do e-SUS. A análise dos dados indica significativa associação (p≤0,05) entre as atividades de capacitação promovidas pelo TelessaúdeRS/UFRGS, em todas as modalidades e a implantação do e-SUS em Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos municípios gaúchos. Os resultados do estudo permitem inferir que existe associação entre a realização de atividades de apoio do TelessaúdeRS/UFRGS e os status de implantação nas UBS. Os municípios que mais participaram de atividades de capacitações apresentaram status mais avançado. Em relação ao status implantado, demostrou-se maior significância em relação às atividades realizadas na modalidade in loco.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/130221
Arquivos Descrição Formato
000975532.pdf (796.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.