Repositório Digital

A- A A+

A evolução do crédito no Brasil e seu impacto no crescimento econômico entre 2007 e 2014

.

A evolução do crédito no Brasil e seu impacto no crescimento econômico entre 2007 e 2014

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A evolução do crédito no Brasil e seu impacto no crescimento econômico entre 2007 e 2014
Autor Chludzinski, Matheus Zarth
Orientador Lima, Antonio Ernani Martins
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Economia
[en] Brazil
[en] Credit
[en] Economic growth
Resumo O presente trabalho pressupõe um sistema financeiro desenvolvido e atuante na articulação de prover crédito como um elemento que pode ser importante para o crescimento econômico de um país. Para o caso brasileiro, a partir de 2007 as operações de crédito evoluíram de maneira considerável paralelamente aos desdobramentos da crise financeira internacional e a uma maior consolidação da economia brasileira, com o fortalecimento de indicadores sociais e de renda impulsionando melhores condições para consumir. Entretanto, esse progresso do crédito não ocorreu de forma espontânea e uniforme, tendo o governo contribuído notavelmente para a alavancagem das operações com uma política monetária anticíclica que combinou taxas de juros menores, atuação predominante dos bancos públicos e direcionamento de recursos, em uma tentativa de financiar e viabilizar as condições de crescimento. Assim, tais inferências são respaldadas por uma modelagem econométrica que avaliou o impacto da evolução do crédito no PIB do país para o período, situação essa que se mostrou estatisticamente significativa.
Abstract This study assumes that a developed and active financial system and its role as credit provider can be an important element for the economic growth of a country. For Brazil in particular, from 2007 lending operations have evolved considerably in parallel with the international financial crisis and a major consolidation of the Brazilian economy, with the strengthening of social and income indicators boosting better conditions to consume. However, this credit progress did not occur spontaneously and uniformly, having the government notably contributed to leverage these operations with a countercyclical monetary policy that combined lower interest rates, a predominant role of public banks and targeting resources, in an attempt to finance and to enable growing conditions. Thus, an econometric modeling that assessed the impact of the credit evolution in the country’s GDP for the period, which proved statistically significant, supports such inferences.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/130324
Arquivos Descrição Formato
000976927.pdf (1.167Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.