Repositório Digital

A- A A+

Os efeitos da Reforma Psiquiátrica no acolhimento do CAPS AD Nova Vida, Viamão, Rio Grande do Sul

.

Os efeitos da Reforma Psiquiátrica no acolhimento do CAPS AD Nova Vida, Viamão, Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os efeitos da Reforma Psiquiátrica no acolhimento do CAPS AD Nova Vida, Viamão, Rio Grande do Sul
Outro título The effects of Psychiatric Reform in the embracement of CAPS ad Nova Vida, Viamão, Rio Grande do Sul
Autor Pedroso, Regina
Orientador Medeiros, Roberto Henrique Amorim de
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Saúde Coletiva: Bacharelado.
Assunto Acolhimento
Saúde mental
Viamão (RS)
[en] CAPS ad
[en] Embracement
[en] Mental health
[en] Psychiatric reform
Resumo Viamão é uma cidade da região metropolitana do Estado do Rio Grande do Sul que possui altos índices de pobreza e violência. A dura realidade dos cidadãos viamonenses que lutam contra a dependência química e abuso de álcool tem sido amenizada no decorrer dos anos com os serviços substitutivos em saúde mental e suas práticas mais humanizadas de acolhimento. O presente trabalho busca verificar relações entre o surgimento dessas práticas na rede de atenção psicossocial do município e os efeitos do modelo antimanicomial, a partir da Reforma Psiquiátrica no Brasil na década de 1970. Este trabalho consiste em um estudo do caso do CAPSad Nova Vida, de Viamão, construído por meio de pesquisa documental e entrevistas com atores que tiveram participação no processo de reformulação da atenção à saúde mental. Por meio do procedimento de análise do conteúdo foi possível compreender e refletir acerca do impacto do processo da Reforma no acolhimento oferecido naquele serviço e sua importância na composição do modelo atual de atenção à saúde mental daquele município.
Abstract Viamão is a city in the metropolitan area of the State of Rio Grande do Sul with high rates of poverty and violence. The hard reality of the citizens who struggle against the chemical dependency and alcohol abuse has been alleviated over the years through substitutive services in mental health and their more humanized practices of embracement. This study aims to verify relations between these practices and the Anti-Asylum Model which emerged with the psychiatric reform in Brazil in the 1970s. This work is a case study that aims to analyze this relation. The data was obtained by documentary research and interviews with actors involved in the construction of the mental health in the municipality. Through procedure of content analysis was possible to understand and reflect on the impact of the Reform process in the embracement offered by the CAPS ad Nova Vida of Viamão, verifying also his importance in the current model of mental health in the city.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/130425
Arquivos Descrição Formato
000976863.pdf (214.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.