Repositório Digital

A- A A+

Exposição à violência na adolescência : relações com bem-estar subjetivo e sintomas de depressão, ansiedade e estresse

.

Exposição à violência na adolescência : relações com bem-estar subjetivo e sintomas de depressão, ansiedade e estresse

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Exposição à violência na adolescência : relações com bem-estar subjetivo e sintomas de depressão, ansiedade e estresse
Autor Patias, Naiana Dapieve
Orientador Dell'Aglio, Debora Dalbosco
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Adolescente
Bem-estar subjetivo
Violência
[en] Adolescence
[en] Exposure to direct and indirect violence
[en] Internalization
[en] Subjective well-being
Resumo Esta tese é composta por cinco estudos que tiveram como objetivo geral investigar a exposição à violência direta (ser a vítima) e indireta (ser testemunha) e suas relações com bem-estar subjetivo e sintomas de depressão, ansiedade e estresse em adolescentes de escolas públicas da cidade de Porto Alegre - RS. O primeiro capítulo apresenta uma revisão sistemática de literatura sobre exposição à violência na adolescência e suas relações com saúde mental. O segundo capítulo é um estudo de adaptação e validação da Escala de Depressão, Ansiedade e Estresse para Adolescentes (EDAE-A). O terceiro capítulo, estudo empírico, teve como objetivo investigar a prevalência de exposição de adolescentes à violência direta e indireta e sua associação com idade, sexo, reprovação escolar e configuração familiar. Já o quarto estudo, também empírico, investigou as relações entre exposição à violência direta e indireta, bem-estar subjetivo e sintomas de depressão, ansiedade e estresse. Por fim, o quinto capítulo apresenta o relato da experiência de devolução dos dados da pesquisa que teve como objetivo discutir violências(s) cotidianas. Participaram 426 adolescentes de escolas públicas, de 12 a 18 anos, que responderam a uma ficha de dados sociodemográficos e aos instrumentos Triagem de Exposição à Violência de Crianças na Comunidade, Escala de Depressão, Ansiedade e Estresse para Adolescentes (EDAE-A), Escala de Afetos Positivos (AP) e Afetos Negativos (AN) e a Escala Multidimensional de Satisfação de Vida para Adolescentes (EMSVA). Análises descritivas e inferenciais foram realizadas. Os resultados desta tese indicaram a alta prevalência de exposição direta e indireta dos adolescentes à violência e a associação com sintomas internalizantes. A adaptação e validação do instrumento EDAE-A possibilitaram a avaliação conjunta das variáveis depressão, ansiedade e estresse, demonstrando boas propriedades psicométricas. A construção do Índice de Bem-Estar Subjetivo, englobando a satisfação de vida e afetos positivos e negativos, deve ser mais bem explorada em pesquisas futuras. Finalmente, a intervenção focal realizada com os adolescentes demonstrou o quanto a violência é naturalizada no contexto escolar, indicando a necessidade de trabalhos preventivos e interventivos para essa população. Limitações e sugestões para novos estudos são descritas.
Abstract This thesis is comprised of five studies that had as main objective to investigate the exposure to direct violence (being victim) and indirect (being witness) and their relationship with subjective well-being and symptoms of depression, anxiety and stress in adolescents from public schools of the city of Porto Alegre - RS. The first chapter presents a systematic review of literature on exposure to violence in adolescence and its relationship with mental health. The second chapter is a study of adaptation and validation of the Depression, Anxiety and Stress Scale for Adolescents (DASS-A). The third chapter (a empirical study) aimed to investigate the prevalence of adolescent exposure to direct and indirect violence and its association with age, sex, school failure and family configuration. The fourth study (which is also empirical) investigated the relationship between exposure to direct and indirect violence, subjective well-being and symptoms of depression, anxiety and stress. Finally, the fifth chapter presents a report about the experience of informing the participants about the results of the research with the aim of discussing violence(s) in the daily life. The participants were 426 adolescents from public schools, 12-18 years old, who responded the sociodemographic form and the following instruments Screening of Exposure to Violence of Children in the Community; Depression, Anxiety and Stress Scale for Adolescents (DASS-A); Positive Affects (PA) and Negative Affects (NA) and the Multidimensional Life Satisfaction Scale for Adolescents (MLSSA). Descriptive and inferential analyses were performed. The results of this thesis indicated a high prevalence of direct and indirect exposure of adolescents to violence and the association with internalizing symptoms. The adaptation and validation of instrument DASS-A allowed the joint assessment of the variables depression, anxiety and stress, demonstrating good psychometric properties. The construction of the Subjective Well-being Index, encompassing life satisfaction besides positive and negative affects, should be further explored in future research. Finally, the focal intervention realized with the adolescents demonstrated how much the violence is naturalized in the school context, indicating the necessity of preventive and interventional actions for this population. Limitations and suggestions for further research are described.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/130476
Arquivos Descrição Formato
000978585.pdf (1.283Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.