Repositório Digital

A- A A+

Deriva parada : experiência e errâncias urbanas

.

Deriva parada : experiência e errâncias urbanas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Deriva parada : experiência e errâncias urbanas
Autor Bechler, Janaína
Orientador Sousa, Edson Luiz Andre de
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Cidade
Experiência
Memória
[en] City
[en] Drift
[en] Experience
Resumo Essa tese de doutorado discute em ato o conceito de experiência através de um processo de trabalho inventivo denominado « Deriva Parada ». Com metodologia inspirada em elementos dos movimentos artísticos Surrealismo e o Situacionismo, buscou tensionar a palavra cidade, operando nela uma crise de sentido. A deriva e a deambulação foram dois procedimentos artísticos que agiram na suspensão dos usuais sentidos atribuídos ao termo e dotaram-lhe de potência criativa-criadora de novos sentidos, ou até mesmo, da possibilidade transmitir o vazio de sentido. Seguindo a leitura de autores como W. Benjamin, G. Agamben, G. Didi-Hubeman, G. Bataille em torno da questão da produção da experiência após a modernidade histórica, buscou-se um percurso em trabalhos de artistas, pensadores, além da experência-tema dessa tese: fagulhas da destruição da experiência e outras formas de existir, contar e produzir memória na cidade contemporânea.
Abstract This thesis discusses in act the concept of experience trough a process of inventive work denominated « Deriva Parada ». It sought for tensioning the word city, operating over it a crisis of meaning with a methodology inspired in elements of the artistic movements Surrealism and Situationism. The drift and the strolling were two artistic procedures that acted on the suspension of the usual meanings related to this concept and gave it a creativecreator power of new meanings, or even, possibilities of transmitting the absence of meaning. Following the readings of authors as W. Benjamin, G. Agamben, G. Didi-Hubeman, G. Bataille around the issue of the experience production after historic modernity, we sought a trajectory in works of artists, thinkers and the theme-experience of this thesis: destruction sparks of the experience and others forms of existing, telling and producing memory in the contemporary city.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/130505
Arquivos Descrição Formato
000977831.pdf (581.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.