Repositório Digital

A- A A+

Narrativas autobiográficas sobre o processo de saída da situação de rua

.

Narrativas autobiográficas sobre o processo de saída da situação de rua

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Narrativas autobiográficas sobre o processo de saída da situação de rua
Autor Farias, Bruno Graebin de
Orientador Koller, Silvia Helena
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Adultos
Narrativa
Sem-teto
Resumo O objetivo deste estudo foi registrar e analisar narrativas autobiográficas sobre o processo de saída da situação de rua de adultos com esta vivência e que alcançaram uma condição habitacional estável. O instrumento utilizado foi a Entrevista Narrativa Autobiográfica, que consiste em um convite amplo e não-diretivo para que cada participante conte a sua história de vida de forma livre. As narrativas foram transcritas integralmente e codificadas de acordo com três matrizes interpretativas: estruturas autobiográficas; temas de agência/comunhão; e temas de origem êmica. Participaram deste estudo dois adultos, com trajetórias e perfis heterogêneos, que foram contatados em serviços da rede de assistência social. As narrativas analisadas demonstraram a recusa a internalizar estigmas atribuídos à situação de rua, e foram marcadas por temas de controle de si, empoderamento, e cuidado com os outros, retratando transformações pessoais associadas à saída da situação de rua.
Abstract The aim of this study was to record and analyze autobiographical narratives about the process exiting homeless of ex-homeless adults who have achieved stable housing. The instrument used was the Autobiographical Narrative Interview, consisting of a broad and non-directive invitation to each participant tell freely his/her life history. The narratives were transcribed and coded according to three interpretive matrices: autobiographical structures; themes of agency / communion; and emic themes. The study included two adults, with heterogeneous paths and profiles, which were contacted among the social care network. The narratives analyzed demonstrated a refusal to internalize stigma attributed to homeless people, and were marked by themes of self-control, empowerment, and care for others, portraying personal transformations associated with the process of exiting homelessness.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/130526
Arquivos Descrição Formato
000978059.pdf (1.363Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.