Repositório Digital

A- A A+

Estratégia de inventar a vida após vivência de assédio moral no trabalho : relato de uma trabalhadora

.

Estratégia de inventar a vida após vivência de assédio moral no trabalho : relato de uma trabalhadora

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estratégia de inventar a vida após vivência de assédio moral no trabalho : relato de uma trabalhadora
Autor Borges, Lethycia Pereira
Orientador Grisci, Carmem Ligia Iochins
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Assédio moral no trabalho
Trabalho imaterial
[en] Immaterial labor
[en] Liquid-modern society
[en] Moral harassment at work
Resumo Trata-se de pesquisa exploratória qualitativa que buscou explorar possível estratégia de inventar a vida em relato de trabalhadora após vivência de assédio moral no trabalho. Para tanto, tomou-se como suporte teórico considerações acerca da sociedade líquido-moderna (BAUMAN, 2001) e de trabalho imaterial (GORZ, 2005), que parecem guardar aproximação com vivências de assédio moral no trabalho (BARRETO, 2006; HIRIGOYEN, 2006, 2008; FREITAS; HELOANI; BARRETO, 2008). Em relação aos procedimentos metodológicos, realizou-se entrevista focalizada com trabalhadora que declarou vivência de assédio moral no trabalho. A análise temática dos dados ocorreu conforme orientações de Minayo (2006). Os resultados indicaram que as experiências relatadas se conectam com os conceitos de trabalho imaterial e assédio moral no trabalho, e que o conjunto de elementos que compõe a estratégia de inventar a vida após tal vivência diz respeito a relacionamentos de trabalho familiares e sociais. A estratégia por ela delineada se avizinha a uma vida que se inventa por meio de outros percursos: por outros modos de habitar – pela transferência de cidade e local de trabalho; de conviver – pela saída e entrada de outros personagens em suas relações laborais e pessoais; e de se cuidar – pelo acompanhamento psicológico buscado, para si e para seu filho.
Abstract This is a qualitative exploratory research that seeked to explore the possible strategy to invent life based on the narrative of a worker that suffered moral harassment at work. Therefore, for theoretical support, some considerations about liquid-modern society (BAUMAN, 2001) and immaterial labor (GORZ, 2005) were taken, which seem to approach to moral harassment experiences at work (BARRETO, 2006; HIRIGOYEN, 2006, 2008; FREITAS; HELOANI; BARRETO, 2008). Regarding the methodological procedures, a focused interview was held with the worker that suffered moral harassment at work. A thematic analysis of the data was made based on Minayo guidelines (2006). The results indicated that the reported experiences are connected with the concepts of immaterial labor and moral harassment at work, and that the set of elements that make up the strategy to invent life after this experience is related to labor, family and social relationships. The strategy outlined by the worker approaches to a life that is invented through other routes: by other modes of living – like the city transfer and the workplace; to relate – the exit and entry of other characters in her working and personal relationships; and to take care – by seeking psychological counseling for herself and her son.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/130648
Arquivos Descrição Formato
000978710.pdf (806.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.