Repositório Digital

A- A A+

O cavalo de troia da nação : tempo, erudição, crítica e método em Capistrano de Abreu (1878-1927)

.

O cavalo de troia da nação : tempo, erudição, crítica e método em Capistrano de Abreu (1878-1927)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O cavalo de troia da nação : tempo, erudição, crítica e método em Capistrano de Abreu (1878-1927)
Autor Batalhone Júnior, Vítor Claret
Orientador Cezar, Temistocles Americo Correa
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Abreu, J. Capistrano de (João Capistrano de), 1853-1927
Crítica
Historicidade
Historiografia
Método
Teoria da história
[en] Capistrano
[en] Criticism
[en] Epistemology
[en] Historiography
[en] History
[en] Method
Resumo Esta tese de doutorado apresenta um estudo sobre história da historiografia brasileira assim algumas reflexões sobre teoria e epistemologia da história. Interessa-nos discutir o discurso histórico e as prescrições metodológicas afirmadas pelo historiador brasileiro João Capistrano de Abreu a partir de fins do século XIX e início do XX. A hipótese a ser considerada se refere a como Capistrano construiu um tão persuasivo discurso a respeito do método histórico que, se por um lado trouxe mais segurança sobre a veracidade dos documentos do passado colonial, por outro lado ocasionou a naturalização de noções prévias e conceitos referentes à história e à identidade nacionais. O discurso construído e ofertado por Capistrano de Abreu pode ser verificado tanto em seus principais escritos quanto pelas notas de rodapé, prefácios e introduções que ele adicionava a documentos oriundos do passado colonial brasileiro. Apesar de não ter escrito uma nova história geral do Brasil ou tampouco um manual de estudos históricos que prescrevesse as normas e os códigos do ofício, Capistrano difundiu suas ideias acerca de como deveria ser verdadeiramente escrita a história do Brasil por meio de artigos, edições de documentos ou estudos monográficos. Protegido pela segurança advinda do método e da crítica historiográficos, o astucioso historiador logrou formular uma intrigante e persistente representação do ser nacional.
Abstract This doctoral thesis presents a study regarding the Brazilian history of historiography as well as some concerns on theory and epistemology of history. It aims to discuss the historical discourse and the methodological guidelines stated by the Brazilian historian João Capistrano de Abreu along late nineteenth and early twentieth centuries. The hypothesis to be considered refers to how Capistrano built such a persuasive discourse on historical method which, whether on one hand brought more reliability to the documents from colonial past, on the other hand, made some prejudices and concepts regarding national history and identity seem as naturals facts. The discourse built and offered by Capistrano de Abreu can be verified in his major writings as well as on footnotes, prefaces, and introductions that he added to documents from the Brazilian colonial past. In spite of not have written a new general history of Brazil or even a guidebook on the rules and codes of the historian’s work, Capistrano spread out ideas about how should be truly written the history of Brazil publishing them through some articles in journals and newspapers, edition of documents or monographies. Protected under the reliability assured by the means of historiographical method and criticism, the cunning historian achieved to devise an appealing and lasting representation of the national been.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/130781
Arquivos Descrição Formato
000977767.pdf (7.720Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.