Repositório Digital

A- A A+

A utilização do modelo espiral de desenvolvimento musical como critério de avaliação da apreciação musical em um contexto educacional brasileiro

.

A utilização do modelo espiral de desenvolvimento musical como critério de avaliação da apreciação musical em um contexto educacional brasileiro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A utilização do modelo espiral de desenvolvimento musical como critério de avaliação da apreciação musical em um contexto educacional brasileiro
Autor Del Ben, Luciana Marta
Orientador Hentschke, Liane
Data 1997
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Curso de Pós-Graduação em Musica.
Assunto Apreciação musical
Educação musical
Musica : Desenvolvimento : Modelo espiral
Resumo A presente pesquisa teve como objetivo investigar a viabilidade de se utilizar o Modelo Espiral de Desenvolvimento Musical de Swanwick (1988) como critério de avaliação da apreciação musical de crianças e adolescentes brasileiros de 6 a 14 anos. O primeiro capítulo consiste em uma revisão de estudos anteriores, onde são discutidas, inicialmente, questões relacionadas à prática da avaliação no processo de ensino e aprendizagem. Posteriormente, são abordadas questões referentes à avaliação em música e, em seguida, discute-se a problemática da avaliação da apreciação musical - tema da presente pesquisa. No segundo capítulo apresenta-se a Teoria e Modelo Espiral de Desenvolvimento Musical de Swanwick, a qual será utilizada como referencial teórico para a análise das respostas de crianças e adolescentes fornecidas através da atividade de apreciação musical. O terceiro capítulo apresenta o método desenvolvido para conduzir esta investigação, o qual consistiu em entrevistar 60 crianças e adolescentes de 1a, 4a e 8a séries do ensino fundamental expostos a um processo de educação musical formal, séries do ensino fundamental expostos a um processo de educação musical formal, sendo 20 alunos de cada série. Foram utilizados dois tipos de entrevista (entrevista estruturada e entrevista semi-estruturada) e instrumentos não-verbais e verbais de avaliação. Na primeira parte do quarto capítulo os resultados desta pesquisa são avaliados à luz da Teoria e Modelo Espiral de Desenvolvimento Musical. Diante de alguns dados encontrados, na segunda parte deste capítulo, realiza-se uma nova avaliação das respostas da entrevista semi-estruturada. Esta levanta a necessidade de uma análise crítica dos critérios de avaliação da apreciação musical propostos pelo Modelo Espiral, análise esta realizada com base na própria Teoria Espiral de Desenvolvimento Musical e apresentada no quinto capítulo. Na Conclusão demonstra-se que os critérios previstos pelo Modelo Espiral de Desenvolvimento Musical podem ser utilizados para avaliar a apreciação musical de crianças e adolescentes brasileiros de 6 a 14 anos. Sugere-se que os critérios de avaliação sejam ampliados, principalmente os critérios previstos para as duas fases do primeiro estágio de desenvolvimento musical - Materiais: fase Sensorial e fase Manipulativa. A Conclusão traz ainda recomendações para estudos posteriores.
Abstract The purpose of this study has been to investigate whether Swanwick's Spiral Model of Musical Development (1988) can be used as an assessment model of responses through listening in audience constituted of Brazilian children aged 6 to 14 . The first chapter consists of a review of previous studies, where, firstly, issues related to assessment in the teaching and learning process are discussed. Secondly, issues related to assessment in music are presented and, at last, the problem of assessing listening in audience is discussed. In the second chapter the Spiral Theory and Model of Musical Development is presented, which is used as a theorical framework to analyze children's responses through listening in audience. The third chapter presents the method employed to carry out this research, which consisted of interviewing sixty children from 1st, 4th and 8th grades systematically engaged with music education. Each grade was represented by groups of twenty children. Two kinds of interview (structured and semi-structured) and nonverbal and verbal assessment tools were employed. In the first part of the fourth chapter the results are analyzed in the light of the Spiral Theory and Model of Musical Development. Because of the findings a new analysis of the semi-structured interview was carried out. This further analysis points to the necessity of a critical review of the assessement criteria for listening in audience proposed by the Spiral Model of Musical Development. The Conclusion shows that the criteria of the Spiral Model can be used to assess responses obtained through listening in audience from Brazilian children aged 6 to 14. It suggests an enlargement of the criteria, primarily at Sensorial and Manipulative levels, which constitute the first stage of musical development - Materiais. The Conclusion also recomends further studies on the topic.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/130872
Arquivos Descrição Formato
000125598.pdf (34.70Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.