Digital Repository

A- A A+

Efeitos de um programa de intervenção motora em crianças, obesas e não obesas, nos parâmetros motores, nutricionais e psicossociais

DSpace/Manakin Repository

Efeitos de um programa de intervenção motora em crianças, obesas e não obesas, nos parâmetros motores, nutricionais e psicossociais

Show full item record

Statistics

Title Efeitos de um programa de intervenção motora em crianças, obesas e não obesas, nos parâmetros motores, nutricionais e psicossociais
Author Berleze, Adriana
Advisor Valentini, Nadia Cristina
Date 2008
Level Doctorate
Institution Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Subject Criança
Desenvolvimento motor
Nutrição
Obesidade
[en] Fundamental motor skills
[en] Motor engagement
[en] Motor intervention
[en] Nutritional status
[en] Perceived competence
Abstract in Portuguese O objetivo desta pesquisa, de delineamento quase-experimental, foi investigar os efeitos de um Programa de Intervenção Motora, em crianças obesas e não-obesas, nos parâmetros motores, nutricionais e psicossociais. A amostra desta pesquisa foi de 78 crianças (38 crianças do grupo interventivo e 40 crianças do grupo controle), com idades de 5 a 7 anos. Para as avaliações das crianças, foram utilizadas a avaliação antropométrica, tendo como referência os padrões do National Center for Health and Statistics; a avaliação motora no teste e em contexto de aprendizagem, por meio do Test of Gross Motor Development-2 (TGMD-2) (ULRICH, 2000); a escala Pictorial Scale of Perceived Competence and Acceptance for Young Children (HARTER; PIKE, 1980); e as categorias descritoras de respostas (RINK, 1996). O programa foi desenvolvido em 28 semanas, implementando os pressupostos da estrutura TARGET à aprendizagem das habilidades motoras básicas. General Linear Model com medidas repetidas no fator tempo foi conduzido para avaliar os efeitos do programa no estado nutricional, no desempenho motor, nos níveis de percepção de competência e nas categorias descritoras de respostas. Análise de variância com medidas repetidas no fator tempo, delta e significância do delta por meio de One Way ANOVA foram utilizadas para avaliar o impacto da intervenção. Os resultados quanto ao estado nutricional do grupo interventivo evidenciaram mudanças significativas no IMC (p = 0,000) da pré para a pós-intervenção. No grupo controle, mudanças significativas não foram encontradas (p = 0,383). No desempenho motor geral, houve diferenças significativas entre os grupos interventivo e controle (p =0,000). As crianças do grupo interventivo apresentaram um aumento de 22 pontos no quociente motor do teste, enquanto que as crianças do grupo controle tiveram um aumento médio de 3,22 pontos. Com relação ao desempenho motor em contexto de aprendizagem motora, mudanças significativas foram encontradas da pré para a pósintervenção, nas crianças obesas (p = 0,000) e não-obesas (p = 0,007). No somatório de percepção de competência, o grupo interventivo mudou significativamente da pré para a pós-intervenção (p = 0,000); ao passo que, no grupo controle, mudanças não foram encontradas do pré para a pós (p = 0,238). Quanto ao engajamento motor de forma apropriada com sucesso na ação motora, mudanças significativas foram encontradas da pré para a pós-intervenção nas crianças obesas (p = 0,000) e nãoobesas (p = 0,000). Conclui-se que a implementação de um Programa de Intervenção Motora, baseado em propostas metodológicas eficazes e condizentes com as necessidades reais das crianças obesas e nãoobesas, promove ganhos nos parâmetros motores, nutricionais e psicossociais que efetivam o engajamento das crianças nas mais variadas práticas motoras.
Abstract The purpose of the present study, with a quasi-experimental design, was to investigate the effects of the Motor Intervention Program, in obese and nonobese children, on motor, nutritional, and psychosocial parameters. The sample was composed of 78 children (38 in the intervention group and 40 in control group), aged 5-7 yr. The children were assessed using the anthropometrical assessment, based on the National Center for Health and Statistics patterns; the motor assessment in test and learning environment, conducting the Test of Gross Motor Development-2 (TGMD-2) (ULRICH, 2000); the Pictorial Scale of Perceived Competence and Acceptance for Young Children scale (HARTER; PIKE, 1980); and the descriptive response categories (RINK, 1996). The program was carried out in 28 weeks and implemented the TARGET structure assumptions to the learning of basic motor skills. General Linear Model with repeated measures on the time factor was conducted to assess the program effects on nutritional status, motor development, perceived competence levels, and descriptor response categories. Analysis of variance with repeated measures on the time factor, delta, and delta significance using One Way ANOVA were used to assess the intervention impact. The results regarding the intervention group’s nutritional status evidenced significant changes in BMI (p = 0.000) from pre- to post-intervention. In control group, no significant changes were found (p = 0.383). In general motor development, significant changes (p =0.000) between intervention and control groups were observed. Children in the intervention group showed a 22-point increase in the test motor quotient, whereas children in control group experienced an average increase of 3.22 points. Concerning motor development in motor learning environment, significant changes were found from preto post-intervention, in obese (p = 0.000) and nonobese children (p = 0.007). In the summation of perceived competence, the intervention group significantly changed from preto post-intervention (p = 0.000); whereas, in control group, no changes were found from preto post-intervention (p = 0,238). Concerning successful appropriate motor engagement in motor action, significant changes were found from pre- to post-intervention in obese (p = 0.000) and nonobese (p = 0.000) children. It was concluded that the implementation of a Motor Intervention Program based on effective methodological proposals that are suitable for obese and nonobese children’ real needs fosters motor, nutritional, and psychosocial gains that reinforce children engagement in the most varied motor activities.
Type Thesis
URI http://hdl.handle.net/10183/13107
Files Description Format View
000638333.pdf (1.420Mb) Texto completo Adobe PDF View/Open

This item is licensed under a Creative Commons License

This item appears in the following Collection(s)


Show full item record

Browse



  • The author is the owner of the copyrights of the documents available in this repository and is prohibited under the law, the marketing of any kind without prior authorization.
    Graphic design by Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.