Repositório Digital

A- A A+

Histoplasma capsulatum detectados em pulmões de morcegos no estado de Mato Grosso.

.

Histoplasma capsulatum detectados em pulmões de morcegos no estado de Mato Grosso.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Histoplasma capsulatum detectados em pulmões de morcegos no estado de Mato Grosso.
Autor Veloso, Silvana Salomão Cury
Orientador Ferreiro, Laerte
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Histoplasma capsulatum
Histoplasmose : Diagnóstico
Micologia veterinaria : Fungos
Morcegos
Pulmoes : Doencas respiratorias
[en] Bats
[en] Colonization
[en] Gene 100kDA
[en] Histoplasma capsulatum
[en] Histoplasmosis
[en] Lungs
Resumo A histoplasmose é uma micose causada pelo fungo dimórfico Histoplasma capsulatum, está distribuido em áreas tropicais ou subtropicais e acomete mamíferos, principalmente os morcegos. Os propágulos infectantes do fungo são encontrados nas excretas dos quirópteros e a transmissão ocorre pela inalação dos mesmos, podendo causar infecção primária assintomática, uma infecção pulmonar aguda ou crônica, ou uma forma disseminada tanto em humanos quanto em animais. O objetivo deste estudo foi detectar a presença de Histoplasma capsulatum em amostras pulmonares de espécies de morcegos provenientes do Estado de Mato Grosso. Foram capturados 75 morcegos entre 2007-2009 em cavernas, florestas e áreas urbanas do Estado de Mato Grosso (MT). Os morcegos foram capturados pelo INDEA/MT, órgão Oficial responsável pelo controle da Raiva dos Herbívoros. O H. capsulatum foi detectado pelo nested PCR que amplificou o gene 100kDA. A amplificação dos produtos da PCR foram sequenciados para confirmação da presença do fungo nos pulmões dos morcegos. H. capsulatum foi observado em 16,0% (12) das 75 amostras dos pulmões de morcegos e com maior ocorrência nas espécies Desmodus rotundus (25%), Artibeus lituratus, Molossus molossus (16,7%) e nas espécies: Artibeus sp., Eumops glaucinus, Glossophaga soricina, Nyctinomops laticaudatus, Nyctinomops macrotis 8,3%. O presente estudo detecta o primeiro estudo sobre H. capsulatum em regiões do Estado de Mato Grosso tanto em área urbana como silvestre. Estes resultados revelaram uma positividade alta de H. capsulatum nos morcegos nesta região, comparando com a literatura descrita em amostras também provenientes de áreas urbanas do Estado de São Paulo, além de resultados similares aos achados nas espécies Eumops glaucinus e N. macrotis. A maior ocorrência nas amostras analisadas no presente estudo podem terem ocorrido devido a técnica (nested PCR) processada e o órgão utilizado (pulmão). O nested PCR é um método mais sensível para avaliar colonização do agente. Tal colonização nos permite inferir que os quirópteros do Estado de Mato Grosso são reservatórios do H. capsulatum e enfatizam o potencial dos morcegos na transmissão do fungo.
Abstract Histoplasmosis is a mycosis caused by the dimorphic fungus Histoplasma capsulatum, which is distributed in tropical or subtropical areas affecting mammals especially bats. The infectious propagules are found in the bat guano and transmission occurs by inhalation of the same, allowing either an asymptomatic primary infection, acute or chronic pulmonary infection, or disseminated form in humans or animals. The aim of the present research was to detect the presence of the Histoplasma capsulatum in lung samples of bat species from state of Mato Grosso/Brazil. For this purpose, a highly sensitive nested PCR was used with specific molecular markers for pathogen. Seventy-five bats were captured between 2007and 2009 in caves, florests, and urban areas of Mato Grosso (MT), located in the Mid-Western region. The bats were captured by the official agency responsible for rabies control of herbivores (INDEA / MT) following the guidelines of rabies control manual, standardized by the Ministry of the Agriculture. Detection of H. capsulatum DNA was amplified the HCp 100 locus. Amplification products were sequenced to confirm fungal presence in bat lungs. The amplifications results for H. capsulatum were positive in 12 (16.0%) samples. The greatest occurrence of Histoplasma capsulatum was observed in Desmodus rotundus (25%), Artibeus lituratus, Molossus molossus (16.7%) and in the spicies: Artibeus sp., Eumops glaucinus, Glossophaga soricina, Nyctinomops laticaudatus, Nyctinomops macrotis 8,3%. This study detects the first survey of Histoplasma capsulatum in regions of Mato Grosso in both urban and wild. These results revealed a high positivity of H. capsulatum in bats in this region, compared with the literature described in samples also from urban areas of São Paulo, and results similar to those found in species Eumops glaucinus and N. macrotis. The highest occurrence in the samples analyzed in this study may have occurred due to technical (nested PCR) processed and used organ (lung). The nested PCR is a more sensitive method for assessing agent colonization. Such colonization allows us to infer that the bats in the State of Mato Grosso are reservoirs of H. capsulatum and emphasize the potential of bats in the transmission of the fungus.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/131246
Arquivos Descrição Formato
000981018.pdf (983.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.