Repositório Digital

A- A A+

O associativismo esportivo em Santa Cruz do Sul /Rio Grande do Sul : configurações de práticas culturais (da década de 1880 à década de 1910)

.

O associativismo esportivo em Santa Cruz do Sul /Rio Grande do Sul : configurações de práticas culturais (da década de 1880 à década de 1910)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O associativismo esportivo em Santa Cruz do Sul /Rio Grande do Sul : configurações de práticas culturais (da década de 1880 à década de 1910)
Autor Assmann, Alice Beatriz
Orientador Mazo, Janice Zarpellon
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Associações esportivas
Clubes esportivos : Historia
Cultura alemã
Esportes : História
[en] Club
[en] History
[en] Identity
[en] Santa Cruz do Sul
[en] Sport
Resumo Santa Cruz do Sul foi fundada, em 1849, como Colônia Alemã. Após um período de adaptação no novo meio e superação das dificuldades da primeira década em terras brasileiras, os imigrantes e descendentes de alemães se uniram para criar associações esportivas que oportunizassem momentos de sociabilidade, lazer e compartilhamento de costumes e ideais. Por meio da apropriação de práticas culturais, os santa-cruzenses produziram e negociaram representações de identidades e distinções. Deste modo, este estudo apresenta como problema de pesquisa a seguinte questão: como as associações esportivas de Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, se configuraram em espaços de representações de identidades étnicas e práticas culturais, entre as décadas de 1880 e 1910. A fim de responder ao problema de pesquisa buscamos através dos pressupostos teórico-metodológicos da História Cultural analisar referências bibliográficas e fontes documentais, tanto impressas, como imagéticas. Dentre as fontes impressas, salienta-se o jornal Kolonie, editado inteiramente em alemão gótico, de 1891 a 1941, na localidade. Através da interpretação das fontes observamos particularidades, semelhanças e diferenças quanto à apropriação das práticas culturais pelas associações esportivas emergentes no período deste estudo. As associações de atiradores, de cavaleiros, de bolão e de ginástica buscaram a partir de modelos europeus, reinventar e legitimar um espaço social com representações de distinção social e de identidades étnico- culturais teuto-brasileiras e alemãs. Enquanto que as associações voltadas ao tiro ao alvo e à cavalaria manifestavam representações paramilitares, a sociedade de ginástica, fundada em 1893, se apropriou do movimento Turnen, promovendo eventos e discursos voltados ao culto do corpo alemão. No início do século XX, surgiram novas configurações de práticas culturais, a partir das corridas de cavalo, do tênis e do futebol. Relacionado à emergência de tais práticas, observamos a introdução do termo sport no cenário do associativismo esportivo santa-cruzense. Associado a diferentes representações de identidades, constatamos, especialmente na década de 1910, a apropriação de um discurso que relaciona práticas esportivas com as concepções de sport, saúde e modernidade.
Abstract Santa Cruz do Sul was founded as a German Colony in 1849. After a period of adaptation in the new surroundings and the overcoming of difficulties in the first decade in Brazil, German immigrants and their descended got together to create sports associations in order to have moments of sociability and leisure, as well as having a place for sharing costumes and ideals. Through the appropriation of such cultural practices the citizens of Santa Cruz do Sul produced and negotiated representations of identities and distinctions. This study aims to answer the following research problem: how sports associations from Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, figured as spaces of representation of ethnic identities and cultural practices, from the decades of 1880 to 1910. To answer this question, bibliographic references and documental sources, printed and iconographic, were analyzed into cultural history perspectives. Among those, we underline the Kolonie newspaper; edited entirely in Gothic German, from 1891 until 1941, in Santa Cruz do Sul. Through the interpretations of these sources we observed singularities, similarities and differences concerning the appropriation of cultural practices by the sports associations in the period of this study. The shooting, cavalry, nine-pin bowling and gymnastics associations reinvented and legitimated a social space with representations of teutonic-brazilian ethnic identities and social distinctions on the basis of European models. While the shooting and cavalry societies expressed paramilitary representations, the gymnastic society, founded in 1893, made use of the Turnen movement, promoting events and a speech dedicated to the cult of the German body. At the beginning of the 20th century new configurations of cultural practice appeared, like horse racing, tennis and football. In relation to the emergency of these practices we observed the introduction of the term “sport” in the sports associations scene in Santa Cruz do Sul. In combination with different representations of identities, we evidenced, especially in the 1910s, the appropriation of a speech relating sports practices with the perception of “sport”, health and modernity.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/131478
Arquivos Descrição Formato
000980141.pdf (1.506Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.