Repositório Digital

A- A A+

Reinscrevendo a responsabilidade : figurações da alteridade entre o humano e o animal

.

Reinscrevendo a responsabilidade : figurações da alteridade entre o humano e o animal

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reinscrevendo a responsabilidade : figurações da alteridade entre o humano e o animal
Autor Prikladnicki, Fábio
Orientador Schmidt, Rita Terezinha
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Auster, Paul Timbuktu : Crítica e interpretação
Crítica literária
Darrieussecq, Marie Truismes : Porcarias : Crítica e interpretação
Desconstrução
Kafka, Franz 1883-1924. Die verwandlung : A metamorfose : Crítica e interpretação
Teoria literária
Woolf, Virginia 1882-1941. Flush : Crítica e interpretação
[en] Animal studies
[en] Deconstruction
[en] Literary criticism
[en] Literary theory
Resumo Informada pelos pressupostos da área interdisciplinar conhecida como estudos animais, esta tese propõe uma leitura a contrapelo das figuras animais na literatura, na qual elas não são entendidas apenas como metáforas de certos aspectos da vida humana, mas como presenças textuais com um estatuto de personagens e, nessa condição, são interrogadas em sua alteridade. A questão central em pauta é: o que a metáfora diz sobre os animais e sobre a relação entre os animais e os seres humanos e o que significa des-figurar a metáfora e explorar a possibilidade de re-significar, a partir da textualidade ficcional, a relação humano-animal. Para tanto, desenho um panorama dos estudos animais, abordando o estado da arte no Brasil, inserindo tais estudos nas possibilidades de inovação no campo da literatura comparada. A seguir, elaboro um aporte teórico a partir da filosofia animal de Jacques Derrida, ao qual incorporo e coloco em discussão posicionamentos teóricos de Calarco (2008), Krell (2013), Lawlor (2007) e Naas (2010) sobre a questão em pauta. Por fim, realizo leituras comparadas entre A metamorfose (1915), de Franz Kafka, e Porcarias (1996), de Marie Darrieussecq, ambos sobre o tornar-se animal, e entre Flush (1933), de Virginia Woolf, e Timbuktu (1999), de Paul Auster, ambos sobre a domesticação de animais.
Abstract Following the tenets of the interdisciplinary area of animal studies, this dissertation presents a reading of animal figures in literature against the grain, which means that they are not taken only as metaphors of certain aspects of human life but as textual presences with a status assigned to characters and, in this condition, are interrogated in their alterity. The central question to be explored is: what the animal metaphor says about animals and the relation of animal and human beings and what it means to de-figure the metaphor in order to explore the possibility of re-signifying, in ficcional textualities, the human/animal relation. In order to address these issues, I draw a panorama of animal studies, including the state of the art in Brazil, to contend that this area adds to the possibilities of innovation in the field of comparative literature. Then, I consider a theoretical framework of Jacques Derrida’s animal philosophy, also discussing theoretical positions of Calarco (2008), Krell (2013), Lawlor (2007) and Naas (2010) on this topic. Finally, I propose comparative readings of Franz Kafka’s The metamorphosis (1915) and Marie Darrieussecq’s Pig tales (1996), from the perspective of becoming animal, and of Virginia Woolf’s Flush (1933) and Paul Auster’s Timbuktu (1999), both on domesticating animals.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/131624
Arquivos Descrição Formato
000978414.pdf (789.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.