Repositório Digital

A- A A+

Inventariamento ictiofaunístico em uma propriedade rural localizada no Município de Cristal, Rio Grande do Sul, Brasil

.

Inventariamento ictiofaunístico em uma propriedade rural localizada no Município de Cristal, Rio Grande do Sul, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Inventariamento ictiofaunístico em uma propriedade rural localizada no Município de Cristal, Rio Grande do Sul, Brasil
Autor Langoni, Andrei da Silveira
Orientador Anza, Juan Andres
Data 2015
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Especialização em Inventariamento e Monitoramento de Fauna.
Assunto Açude
Ecologia
Ictiofauna
Monitoramento ambiental
Resumo O presente estudo teve como objetivo inventariar a fauna de peixes EM uma propriedade particular localizada no município de Cristal, Rio Grande do Sul, Brasil. A propriedade inventariada possui aproximadamente 30 ha, nos quais foram criados quatro açudes artificiais em 2008 e, além desses, há a presença de um banhado temporário e um pequeno curso de água que se liga à drenagem do arroio Evaristo, o qual pertence à bacia hidrográfica do rio Camaquã. Foram coligidos 4.175 peixes, distribuídos em 6 ordens, 10 famílias, 20 gêneros e 27 espécies. A ordem Characiformes foi a que apresentou a maior riqueza (S=14) e Synbranchiformes foi a que apresentou a menor riqueza (S=1). Characidae foi a família com maior número de espécies registradas (S=9) e as famílias Curimatidae, Erythrinidae, Callichthyidae, Loricariidae, Hypopomidae, Poeciliidae, Cichlidae e Synbranchidae apresentaram o menor número de espécies registradas (S=1). A espécie mais abundante foi Hyphessobrycon igneus (n=2.128) e as espécies menos abundantes foram Callichthys callichthys, Hoplosternum litoralle, Mimagoniates sp. e Synbranchus marmoratus (n=1). O dendrograma elaborado a partir dos índices de similaridade de Bray-Curtis evidenciou que as comunidades de peixes encontradas nos açudes (pontos 2, 3 e 4) são mais similares entre si em comparação com a comunidade encontrada no córrego. O estimador de riqueza Chao 1 mostrou que a quantidade de espécies para o Ponto 1 pode variar de 32 espécies, para o Ponto 2 de 14 espécies, para o Ponto 3 de 13 espécies, para o Ponto 4 de 15 espécies e pode variar para 33 o total de espécies encontradas na área (Ponto 1+2+3+4) de espécies.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/131692
Arquivos Descrição Formato
000981602.pdf (2.628Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.