Repositório Digital

A- A A+

Apossamento dos espaços públicos abertos na área central de Santa Maria - RS

.

Apossamento dos espaços públicos abertos na área central de Santa Maria - RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Apossamento dos espaços públicos abertos na área central de Santa Maria - RS
Autor Colusso, Izabele
Orientador Krafta, Rômulo Celso
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional.
Assunto Avaliação
Centro urbano
Configuração espacial
Espaço público : Apropriação
Morfologia urbana
Santa Maria (RS)
[en] Possession
[en] Potential measure
[en] Public open spaces
[en] Santa Maria
Resumo Tornou-se rotina os espaços públicos abertos de nossas cidades estarem ligados, ou de alguma forma associados, a algum tipo de uso ou posse que foge do ordinário, ou do que foi inicialmente idealizado para os mesmos. Este apossamento dos espaços públicos abertos refere-se à instalação de comércio ambulante e vendedores informais nos espaços públicos destinados à circulação e ao lazer, como passeios públicos, praças e parques. A escolha dos espaços a serem utilizados para tais fins se dá por um determinado motivo, e a descoberta deste motivo é o que esta pesquisa pretende investigar. O centro do município de Santa Maria historicamente abriga em maior quantidade o uso comercial, aí englobando os setores varejista, atacadista e de prestação de serviços. Seguindo nesta linha, existe um grande eixo onde estes usos se concentram, composto pela Avenida Rio Branco e a Rua do Acampamento. Este eixo é reconhecidamente o maior agregador destes usos, sendo acessado diariamente por uma grande parcela da população vinda da periferia da cidade em busca das ofertas aí existentes. Este fato gera uma grande sobrecarga no fluxo de pessoas da região, e o movimento de pedestres se dá de maneira bastante intensa. Verifica-se também que algumas localizações de ofertas acabam atraindo mais pedestres do que as demais, havendo, portanto passeios públicos mais sobrecarregados de fluxo do que outros. O trabalho em comento busca avaliar, através de medições de potencial virtual (que seria o potencial das atividades atratoras que é captado pelos espaços públicos), o desempenho destes espaços públicos abertos da área central de Santa Maria, com a finalidade de detectar quais são as características que fazem com que alguns espaços sejam mais atrativos a estes agentes apossadores em detrimento de outros espaços. Para tanto, mostra-se necessário um embasamento teórico que unifique os conceitos de morfologia urbana, modelos mensuradores de propriedades configuracionais e práticas sociais, mais especificamente a prática do apossamento, realizando um cotejo entre a realidade consolidada e as medições de potencial virtual, obtidas através da ferramenta “Medidas Urbanas”. O confronto dos resultados indica que existe uma correlação mediana entre tais resultados, virtual e real. Isto significa que, apesar de muitos espaços públicos abertos da região central de Santa Maria apresentarem potencial relativamente alto para posse, alguns deles em realidade não são apossados.
Abstract In our current time has become routine the public open areas of our cities being connected, or in any way associated with, some kind of use or possession that goes beyond the ordinary, or from what was originally idealized for them. This ‘apossession’ of the public open spaces relates to the installation of itinerant trade and informal vendors in public spaces for the movement and leisure, as public sidewalks, squares and parks. The choice of spaces to be used for such purposes whether for a particular reason and this reason is the discovery that this research aims to investigate. The center of the municipality of Santa Maria historically shelters in greater quantity commercial use, there encompassing the sectors retail, wholesale and provision of services. Particularly, there is a major axis where these uses are seeking to be located, which refers to the Avenida Rio Branco and the Rua do Acampamento. This axis is admittedly the largest aggregator of these land uses, and is daily accessed by a large portion of population coming from the city´s edges, searching for these offers. This fact creates a great burden on the people´s flow in the region, and the pedestrian´s movement is very intense. There are also some locations, that seems to attract more pedestrians than others, therefore there is more burdened public tours of flow than others. The research search to evaluate, through measurements of virtual potential (that would be the potential of the atractor activities, which is captured by the public spaces), the performance of these public open spaces of the Santa Maria´s central area, with the aim of detecting what characteristics make some spaces more attractive to these ‘apossessive’ agents in the detriment of other areas. Therefore, it is necessary a base theory that unifies the concepts of urban morphology, models that can measure the configurational properties, and social practices, in particular the practice of ‘apossession’, carrying out a collating between the reality consolidated and virtual potencial´s measurements, obtained through the tool "Medidas Urbanas". The comparison of these results indicates that there is a median correlation between them, virtual and real. This means that despite many public open spaces of the central region of Santa Maria present relatively high potential for possession, some of them are not possessed in fact.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13174
Arquivos Descrição Formato
000637967.pdf (7.088Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.