Repositório Digital

A- A A+

A naturaza da sedição : a natureza humana e a história no Behemoth de Thomas Hobbes

.

A naturaza da sedição : a natureza humana e a história no Behemoth de Thomas Hobbes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A naturaza da sedição : a natureza humana e a história no Behemoth de Thomas Hobbes
Autor Falcão, Renata Vieira
Orientador Vargas, Anderson Zalewski
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Guerra civil inglesa : 1642-1649
História moderna
Historiografia
Hobbes, Thomas 1588-1679. Behemoth
Natureza humana
[en] Behemoth
[en] English civil war
[en] History
[en] Hobbes
[en] Human nature
Resumo O presente trabalho busca analisar a compreensão da natureza dos homens presente na história da guerra civil inglesa de Thomas Hobbes intitulada Behemoth e investigar as relações entre tal compreensão e a escrita histórica do autor. Trabalha-se com a hipótese de que a teoria da natureza humana definida e defendida por Hobbes em suas obras de filosofia política perpassa a obra em estudo em múltiplos níveis que merecem exame. Apresentam-se as definições teóricas da natureza humana estabelecidas por Hobbes no Leviathan para então examinar de que formas esta teoria informa a história no Behemoth, com especial atenção ao funcionamento das ações, paixões e opiniões e ao papel da natureza humana como causa e explicação da história. De modo a melhor compreender a associação entre história e teoria presente na obra, são examinadas também as concepções de Hobbes acerca da ciência, da experiência e da causalidade. Por fim, discutem-se as relações entre a natureza humana, os propósitos da história e as escolhas discursivas de Hobbes no Behemoth.
Abstract This study aims to analyze the ideas about men‘s nature in Behemoth, Thomas Hobbes‘ history of the English Civil War, and to inspect the connections between those ideas and the author‘s historical writing. My working hypothesis is that the theory of human nature defined and upheld by Hobbes in his works of political philosophy permeates the book under analysis in several ways that merit investigation. For comparison, I first present the theoretical definitions and explanations about human nature established by Hobbes in Leviathan and then I examine in what ways that theory influences and informs Behemoth‘s history, focusing on how actions work, the role of passions and opinions, and the use and presentation of human nature as explanation and cause in history. In order to better understand the association between history and theory at work in Behemoth, I analyze Hobbes‘ conceptions about science, experience and causality. Lastly, I discuss how human nature as presented in the book under analysis is related to Hobbes‘ idea about the purpose of history and his discursive choices in Behemoth.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/131751
Arquivos Descrição Formato
000980936.pdf (1.282Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.