Repositório Digital

A- A A+

Objeto direto anafórico no português brasileiro : uma discussão sobre a importância dos traços semântico-pragmáticos - animacidade/especificidade vs. gênero semântico

.

Objeto direto anafórico no português brasileiro : uma discussão sobre a importância dos traços semântico-pragmáticos - animacidade/especificidade vs. gênero semântico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Objeto direto anafórico no português brasileiro : uma discussão sobre a importância dos traços semântico-pragmáticos - animacidade/especificidade vs. gênero semântico
Autor Pivetta, Vera
Orientador Menuzzi, Sérgio de Moura
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Língua portuguesa (Brasil)
Pragmática
Semântica
Sintaxe
[en] Null object
[en] Semantic-pragmatic features
[en] Syntax brazilian portuguese
Resumo O objetivo desta dissertação é a proposição de uma análise do objeto nulo no português brasileiro examinando-se o seu condicionamento em função dos traços semântico-pragmáticos do DP (Determiner Phrase) antecedente. Segundo Schwenter & Silva (2003), ainda que haja muitos estudos a respeito do estatuto sintático dessa categoria, poucas pesquisas vêm sendo dedicadas à forma como os traços do antecedente podem condicionar a alternância entre o emprego de objetos nulos e posições preenchidas por pronomes manifestos. O traço semântico animacidade do antecedente é uma constante quando se discute o assunto (como em Bianchi & Figueiredo Silva, 1994; e Schwenter & Silva, 2002). Além desse, aponta-se também o traço pragmático da especificidade, como no estudo de Cyrino (1997), considerado o ponto de partida para o desenvolvimento das pesquisas sobre o objeto nulo em português brasileiro. Já Menuzzi e Creus (2004) propõem outra possibilidade para o condicionante da retomada anafórica do objeto direto: o gênero semântico do DP antecedente. Na visão desses autores, os traços de animacidade e especificidade de Cyrino (1997) podem ser reduzidos a esse único traço, o gênero semântico. Essas duas hipóteses foram comparadas por meio de um estudo de corpus. O resultado a que se chegou revela que as duas propostas apresentam resultados semelhantes. A construção denominada elipse de VP também foi alvo de estudo. Tendo em vista a semelhança existente, na estrutura superficial, entre a elipse de VP e o objeto nulo, como registrado por Raposo (1986), procurou-se observar se os traços que parecem condicionar o emprego do objeto nulo atuam de forma similar para a elipse de VP. Fez-se uso do mesmo corpus para avaliar essa predição. E os dados recomendam que se verifique essa hipótese.
Abstract The purpose of this dissertation is to provide an analysis of the null object in Brazilian Portuguese from the perspective of semantic and pragmatic features of the previous DP (Determiner Phrase). According to Schwenter & Silva (2003), there are many researches about the syntactic status of this category, but very little is known about how the features of the previous DP may condition the variance between the use of null objects and filled positions with overt pronouns. The semantic feature “animacity” of the previous DP has been a constant topic when discussing this issue (as in Bianchi & Figueiredo Silva, 1994; and Schwenter & Silva, 2002). The pragmatic feature of “specificity” appears with it, such as in studies of Cyrino (1997), considered to be the starting point to the development of researches about the null object in Brazilian Portuguese. Menuzzi e Creus (2004) propose another possibility to the conditioner of the resumed anaphors of the null object: the semantic genre of the previous DP. As stated by these authors, the features of animacity and specificity from Cyrino (1997) may be reduced to this single feature, the semantic genre. These two hypotheses have been compared through a corpus study. The achieved result reveals that the two proposals present similar results. The construction called “VP ellipsis” has also been examined. Taking into consideration the similarity observed between the VP ellipsis and the null object in the surface structure, as pointed out by Raposo (1986), it aimed at verifying whether the features that apparently seem to condition the use of the null object act similarly to the ellipsis of the VP. The same corpus has been used to evaluate this prediction. The data recommend verifying this hypothesis.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/131776
Arquivos Descrição Formato
000980625.pdf (646.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.