Repositório Digital

A- A A+

Viagem ao redor do Atlântico : uma leitura comparada de Hotel Atlântico de João Gilberto Noll e Suzana Amaral

.

Viagem ao redor do Atlântico : uma leitura comparada de Hotel Atlântico de João Gilberto Noll e Suzana Amaral

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Viagem ao redor do Atlântico : uma leitura comparada de Hotel Atlântico de João Gilberto Noll e Suzana Amaral
Autor Yu, Jingfang
Orientador Rebello, Lúcia Sá
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Amaral, Suzana Hotel atlântico : Crítica e interpretação
Literatura e cinema
Noll, João Gilberto 1946-. Hotel Atlântico : Crítica e interpretação
[fr] Littérature et cinéma
Resumo O presente trabalho pretende analisar a narrativa Hotel Atlântico (1989), de João Gilberto Noll, e sua adaptação cinematográfica (2009) realizada pela cineasta Suzana Amaral. O estudo comparativo leva em consideração a premissa de que o processo tradutório é primeiramente interpretação. Portanto, a cineasta, ao "transcriar" o texto literário por meio da linguagem visual, o que faz é leitura crítica do texto verbal, apresentando seu entendimento para o livro. É a partir desses pressupostos que serão analisados os dois textos em estudo. Na investigação, serão abordadas as escolhas feitas pela cineasta no seu processo de tradução intersemiótica, tendo a hipótese de que a diretora, ao considerar a produção literária de Noll como um todo, radicaliza os elementos presentes no texto verbal, rompendo radicalmente com as convenções da estrutura fílmica tradicional, inserindo, assim, seu texto no que Haroldo de Campos denomina como "tradução criativa". Dessa maneira, Suzana Amaral nos apresenta sua interpretação do livro através de seu Hotel Atlântico.
Résumé Ce document vise à analyser le récit de l'écrivain João Gilberto Noll, Hotel Atlâtico (1989), et son adaptation cinématographique (2009) créée par la réalisatrice Suzana Amaral. L'étude comparative tient compte de l'hypothèse que le processus de traduction est, premièrement, une interprétation. Ainsi, la traduction du texte littéraire à travers le langage visuel est, en fait, une lecture critique de la réalisatrice, la quelle présente sa compréhension pour le livre. C'est à partir de ces hypothèses qu'on examinera les deux textes. Pendant l'étude, on approchera les choix faits par Amaral dans son processus de traduction intersémiotique, avec l'hypothèse que la réalisatrice situe la production littéraire de Noll dans son ensemble, en radicalisant les éléments présents dans le texte verbal. De cette manière, elle rompe radicalement avec les conventions de structure filmique traditionnelle, en situant son texte dans la conception de "traduction créative", élaborée par Haroldo de Campos. Ainsi, Suzana Amaral présente son interprétation du livre à travers sa propre création - le film Hotel Atlântico.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/131777
Arquivos Descrição Formato
000978468.pdf (803.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.