Repositório Digital

A- A A+

Associação entre a qualidade da atenção primária à saúde e o processo de atenção aos portadores de diabetes mellitus adscritos aos serviços de saúde em Porto Alegre

.

Associação entre a qualidade da atenção primária à saúde e o processo de atenção aos portadores de diabetes mellitus adscritos aos serviços de saúde em Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Associação entre a qualidade da atenção primária à saúde e o processo de atenção aos portadores de diabetes mellitus adscritos aos serviços de saúde em Porto Alegre
Autor Gonçalves, Marcelo Rodrigues
Orientador Harzheim, Erno
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia.
Assunto Diabetes mellitus
Epidemiologia
Qualidade da assistência à saúde
Serviços de saúde
Resumo A atenção primária à saúde (APS) tem demonstrado maior efetividade e equidade no cuidado à saúde. O aumento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), especialmente o diabetes (DM), tem priorizado ações de prevenção e manejo. Transpor modelos bem sucedidos de saúde materno-infantis para o cuidado das DCNT, é um grande desafio à APS. Objetivo: Investigar associação entre qualidade da APS, controle glicêmico e manejo do DM em Porto Alegre / Brasil. Métodos: Estudo transversal de base populacional, com adultos portadores DM. A qualidade da APS foi aferida pelo Primary Care Assessment Tool. Resultados: Nos portadores DM com adequado controle glicêmico (40,5%), houve prevalência de brancos (78,7% vs 60,9%; p= 0,008), menos complicações do DM (46,7% vs 78,2%; p<0,001) e menos internações (1,6% vs 3,5%; p=0,04). Na análise multivariada, serviços com Alto Escore à APS apresentaram maior adoção de práticas preventivas, sem diferenças no controle da HbA1c (35,4% vs 42,3%; p=0,3). Conclusões: Serviços com Alto Escore à APS destacaram-se no manejo das complicações de maior morbimortalidade do DM e, apesar de apresentarem populações mais vulneráveis, não diferiram significativamente no controle glicêmico.
Abstract The Primary Health Care (PHC) has shown great effectiveness and equity in public health care. The increase of chronic non-transmissible diseases (CNTD), especially diabetes (DM), has priorized actions for its prevention and management. The recriation of successful health guides, like maternal and child, for the approach of CNTD is a great challenge for PHC. Objectives: To investigate the association among quality of PHC, glicemic control and diabetes management in Porto Alegre/Brazil. Methods: Cross-sectional population-based study in adult patients with DM. The quality of PHC was assessed by Primary Care Assessment Tool (PCATool). Results: Among diabetic patients with proper glicemic control (40.5%), there was prevalence of whites (78.7% vs 60.9%; p= 0.008), less DM complications (46.7% vs 78.2%; p<0.001) and less hospitalizations (1.6% vs 3.5% p=0.04). Multivariate analysis showed that High Score PHC had more preventive skills, with no difference at HbA1c control (35.4% vs 42.3%; p=0.3). Conclusions: High Score PHC proved to be distinguished on the management of the higher morbimortality DM complications. In addition, even showing more vulnerable population, it did not differ significatively at glicemic control.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13199
Arquivos Descrição Formato
000640890.pdf (2.677Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.