Repositório Digital

A- A A+

Including workers with disabilities in flow shop scheduling

.

Including workers with disabilities in flow shop scheduling

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Including workers with disabilities in flow shop scheduling
Outro título Incluindo trabalhadores com deficiência em flow shops
Autor Carniel, Germano Caumo
Orientador Ritt, Marcus Rolf Peter
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Escalonamento : Tarefas
Pessoas com deficiência
[en] Flow shop scheduling
[en] Integer programming
[en] Workers with disabilities
Abstract Persons with disabilities have severe problems participating in the job market and their unemployment rate is usually much higher than the average of the population. This motivates the research of new modes of production which allow to include these persons at a low overhead. In this work we study the inclusion of persons with disabilities into flow shops with the objective of minimizing the makespan. Since flow shops usually have only a few machines, we focus on the inclusion of one and two workers. We define the problem, propose mathematical models and a heuristic solution, as well as realistic test instances. In computational tests we evaluate the performance of the models and the heuristic, and assess the utility of such a model of inclusion. We conclude that the problem can be solved satisfactorily, and that including workers with disabilities into flow shops is economically feasible.
Resumo Pessoas com deficiências possuem muitas dificuldades em participar do mercado de trabalho, possuindo uma taxa de desemprego bem maior do que a média populacional. Isso motiva o estudo de novos modos de produção que permitam incluir essas pessoas com baixo custo operacional. Neste trabalho é feito um estudo sobre a inclusão de pessoas com deficiências em flow shops com o objetivo de minimizar o makespan. Como flow shops normalmente possuem poucas máquinas, o foco do estudo é na inserção de um e dois trabalhadores. O problema é definido, são propostos modelos matemáticos e uma solução heurística para resolvê-lo, assim como instâncias de teste realistas. Nos testes computacionais a performance dos modelos e da heurística é avaliada e a utilidade prática deste modelo de inclusão é analisada. Nós concluímos que o problema pode ser resolvido de forma satisfatória e que a inclusão de trabalhadores com deficiêcia emn flow shops é economicamente viável.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/132054
Arquivos Descrição Formato
000982962.pdf (536.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.