Repositório Digital

A- A A+

Evolução costeira junto ao balneário arroio corrente, Jaguaruna/SC

.

Evolução costeira junto ao balneário arroio corrente, Jaguaruna/SC

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evolução costeira junto ao balneário arroio corrente, Jaguaruna/SC
Autor Soccol, Gabriel
Orientador Barboza, Eduardo Guimaraes
Gruber, Nelson Luiz Sambaqui
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geologia.
Assunto Georradar
Quaternario
Retrogradação
[en] Coastline transgression
[en] GPR
[en] Laggon-barrier
[en] Quaternary
[en] Retrogradation
Resumo A área de estudo é a região do balneário Arroio Corrente, localizado na porção sudeste do estado de Santa Catarina, na zona costeira do município de Jaguaruna. A problemática consiste em justificar a ausência da laguna entre os sistemas laguna-barreira III e IV nesta área, que apresenta-se de modo diferente de setores adjacentes. A hipótese seria que o sistema IV (holocênico) encontra-se em retrogradação. O objetivo fundamental deste trabalho é propor um modelo evolutivo costeiro para a região do balneário Arroio Corrente e obter uma interpretação para a ausência da laguna holocênica da barreira IV. Os métodos utilizados nesta pesquisa foram: revisão bibliográfica, a fim de adquirir informações sobre a área; sensoriamento remoto com a finalidade de interpretar e comparar imagens de satélite em escala multitemporal para caracterizar as alterações na geomorfologia, definir a evolução e observar a influência antrópica no campo de dunas, além de confeccionar perfis topográficos para analisar a morfologia do sistema de dunas; o geoprocessamento objetivando a organização e integração de informações e Georradar para determinar o padrão de empilhamento dos sistemas deposicionais em subsuperfície. Dados de sensoriamento remoto apresentaram uma diminuição do campo de dunas através da comparação de duas imagens de satélite (1985 e 2005), que está associada à influência antrópica. Através da análise da morfologia deste sistema de dunas, foi constatada sua orientação preferencial NE-SW e a tipologia é configurada pelo sistema eólico (cadeias barcanóides). Nas seções obtidas com Georradar foram identificadas estruturas de sistemas deposicionais retrogradantes, gerados em ambientes subaquosos. Foi possível a identificação de um depósito fluvial (paleocanal), o que justifica a ausência da laguna, que sofreu uma migração lateral forçada no sentido do continente devido à retrogradação da barreira IV, sendo colmatado por sedimentos provenientes do sistema eólico. Este fato denota a disponibilidade de sedimentos que está associada à erosão da costa. Dentre outros fatores, um que também comprova a retrogradação é o avanço do campo de dunas sobre pequenos corpos d’água remanescentes (meandros abandonados) deste paleocanal. Através da identificação destas estruturas sedimentares nos depósitos em subsuperfície foi possível propor um modelo evolutivo costeiro e elucidar questões a fim de buscar uma melhor compreensão geológica da área de estudo.
Abstract The study area of this work is the region of Arroio Corrente beach, located in southeast of Santa Catarina state, coastal zone of Jaguaruna municipality. The main issue is to justify the absence of a lagoon between the lagoon-barrier systems III and IV in this area, which occurs in a different configuration than in adjacent sectors of the coast. The hypothesis is that the lagoon-barrier system IV (holocenic) is in a retrogradacional phase. The main aim of this research is to propose a coastal evolutionary model for the region of Arroio Corrente beach and get an interpretation for the absence of the lagoon in the Holocene lagoon-barrier system. The methods used in this study are: literature review, in order to acquire information about the area; remote sensing to interpret and compare satellite images in a multi-temporal scale to characterize alterations in geomorphology, define the evolution and observe the anthropic influence in the dunefield, and obtain topographic profiles to analyze the dune system morphology; geomatic techniques to organize and integrate data; and Ground Penetrating Radar (GPR) to determine the stacking pattern of depositional systems in the subsurface. Remote sensing data showed a decrease in the dunefield area when compared two satellite images (1985 and 2005), which is associated to anthropic influence. By analyzing the morphology of the dunes system, it was found the preferential orientation NE-SW and the typology is eolian barcanoids chains. In the GPR profiles, it was identified sedimentary structures from retrogradational depositional systems, originated in subaqueous environments. It was possible to identify a fluvial deposit (paleochannel) that justifies the absence of the lagoon, which suffered a lateral forced migration towards the continent due to the barrier IV retrogradation, being filled by eolian sediments. This fact indicates the availability of sediment that is associated with coastal erosion. Another factor that proves the retrogradation is the dunefield advance over this paleochannel’s remaining small water bodies (abandoned meanders). By identifying these sedimentary structures in the subsurface deposits, it was possible to propose a coastal evolutive model and clarify issues in order get a better geological understanding of the study area.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132055
Arquivos Descrição Formato
000982881.pdf (3.749Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.