Repositório Digital

A- A A+

O efeito de um curso educativo para agentes comunitários de saúde e da entrevista motivacional na hemoglobina glicada de pacientes com diabetes : ensaio clínico randomizado e meta-análise

.

O efeito de um curso educativo para agentes comunitários de saúde e da entrevista motivacional na hemoglobina glicada de pacientes com diabetes : ensaio clínico randomizado e meta-análise

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O efeito de um curso educativo para agentes comunitários de saúde e da entrevista motivacional na hemoglobina glicada de pacientes com diabetes : ensaio clínico randomizado e meta-análise
Autor Souza, Camila Furtado de
Orientador Leitão, Cristiane Bauermann
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas: Endocrinologia.
Assunto Agentes comunitários de saúde
Diabetes mellitus
Educação em saúde
Entrevista motivacional
Resumo O Diabetes Melito (DM) é uma doença crônica que se tornou uma epidemia mundial. O tratamento do DM é complexo e requer mudanças comportamentais e adesão ao uso de medicamentos. Entretanto, a má adesão entre pacientes com DM é muito prevalente e está relacionada a múltiplos fatores biopsicossociais e a características dos serviços de saúde. A Associação Americana de Diabetes preconiza padrões de educação e suporte para o autocuidado em DM que levam em consideração crenças individuais relacionadas à saúde, bem como questões relacionadas à cultura e ao meio em que esse indivíduo está inserido. No Brasil, o Ministério da Saúde estabeleceu ações programáticas para melhorar o acesso ao tratamento e acompanhamento do DM nos serviços de atenção primária. Entretanto, apesar dos recursos disponíveis, as metas de controle da doença são atingidas em menos de 50% dos pacientes e os déficits no conhecimento e habilidades no autocuidado do DM atingem 50 a 80% dos pacientes. A entrevista motivacional (EM) é uma abordagem não-confrontativa que trabalha com a motivação do indivíduo, levando em consideração suas necessidades e experiências. Tem como objetivo principal promover a mudança comportamental em pessoas que resistem a mudar um comportamento de risco. Os agentes comunitários de saúde (ACS) são profissionais que atuam na integração dos serviços de saúde da Atenção Primária com a comunidade. Desenvolvem ações de promoção e vigilância em saúde na comunidade, contribuindo para melhoria da qualidade de vida das pessoas. O primeiro artigo desta tese demonstrou, através de uma revisão sistemática e meta-análise, que a entrevista motivacional está associada à melhora do controle glicêmico em pacientes com DM. O benefício foi detectado em três e 12 meses em pacientes com DM tipo 2, e em estudos com duração de 24 meses em pacientes com DM tipo 1. O segundo artigo demonstrou, através de um ensaio clínico randomizado com pacientes com DM tipo 2, que um curso educativo administrado para agentes comunitários de saúde reduz significativamente a HbA1c e o estresse relacionado ao DM ao longo do tempo, porém de forma semelhante nos grupos intervenção e controle. Uma melhora significativa no perfil lipídico (colesterol total e triglicerídios) foi observada no grupo intervenção. O maior desafio dos profissionais de saúde que tratam o DM é apoiar os pacientes na realização de mudanças comportamentais necessárias usando estratégias bem aceitas e que levem em consideração o seu contexto individualmente. Nesse sentido, a EM e o suporte social e educacional dos ACS são intervenções que podem ser utilizadas para alcançar metas e que podem ser úteis no complexo contexto do manejo de pacientes com DM.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/132131
Arquivos Descrição Formato
000982194.pdf (417.8Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.