Repositório Digital

A- A A+

As duas Atlântidas 1939 | 1952 : o veraneio moderno e a constituição dos balneários do litoral norte gaúcho

.

As duas Atlântidas 1939 | 1952 : o veraneio moderno e a constituição dos balneários do litoral norte gaúcho

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As duas Atlântidas 1939 | 1952 : o veraneio moderno e a constituição dos balneários do litoral norte gaúcho
Autor Oliveira, Ana Luiza Freitas Valle Machado de
Orientador Cabral, Claudia Pianta Costa
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Arquitetura litoranea : Rio Grande do Sul
Arquitetura moderna
Atlântida, Balneário (Xangri-lá, RS)
Litoral Norte, Região (RS)
Urbanização : Área litorânea
Resumo O processo de urbanização do litoral norte gaúcho, cujas características geográficas e climáticas destoam da imagem que tornou as praias tropicais brasileiras conhecidas, se intensificou a partir da implantação de loteamentos privados para atender a procura da população sazonal. As operações que caracterizaram esse processo de constituição dos balneários marítimos como local de veraneio vão se concentrar exemplarmente num bem sucedido empreendimento de balneário ex–novo, a Atlântida realizada em 1952. Porém, essa iniciativa foi precedida em 13 anos por um anteprojeto de cidade balneária para a mesma região, com o mesmo nome e tendo como autor o mesmo e reconhecido profissional, Luiz Arthur Ubatuba de Faria, e que não chega a se concretizar. Ambos estão intimamente vinculados à história da afirmação do urbanismo como ciência e da profissão de arquiteto e sua produção de arquitetura moderna no sul do país, respectivamente, elementos que configuraram o cenário dos veraneios de meados do século XX na região. Muitas vezes confundida na bibliografia disponível, a história peculiar das duas Atlântidas, a perdida de 1939 e a realizada de 1952, é adotada neste trabalho como fio condutor para recuperar a história da consolidação dos balneários do sul do país. Com o objetivo de contribuir para o conhecimento e a compreensão do processo de produção arquitetônica da região, nos locais de veraneio do litoral norte do Rio Grande do Sul, a pesquisa tem como questão final avaliar qual o papel da arquitetura moderna, inseparável da solução urbanística, na configuração daquelas cidades de veraneio.
Abstract The southern coast of Rio Grande do Sul has geographic and climate features that differs from the images that made the Brazilian beaches known. Its urbanisation process has been intensified since the implementation of private allotments in order to meet the seasonal population demand. The operations that define this process of constituting seaside resorts as a place for summer vacation are concentrated in a successful endeavour accomplished in 1952, Atlântida. However, this initiative was preceded in 13 years by a project outline for a seaside town for the same region, with the same name and having the same renowned professional, that did not materialize. Both projects are deeply linked to the need for asserting Urbanism as a science and for framing it into the modern architecture for which the resort towns scenario was known in the region during the mid-twentieth century. Often confused in the literature, the peculiar story of the two Atlântidas - the lost one of 1939 and the implemented one of 1952 - is adopted as a central thread to recover the history of the consolidation of the seaside resorts in the South of Brazil. For the purpose of contributing for the understanding of the region's architectural production, the research had as its main intention to evaluate what is the role of the modern architecture, inseparable from the urbanist solution, in the settlement of those resort towns.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/132141
Arquivos Descrição Formato
000980245.pdf (14.58Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.