Repositório Digital

A- A A+

Efeito do extrato de própolis e dos óleos de rícino e de alecrim nas propriedades de resinas acrílicas para prótese : uma revisão de literatura

.

Efeito do extrato de própolis e dos óleos de rícino e de alecrim nas propriedades de resinas acrílicas para prótese : uma revisão de literatura

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito do extrato de própolis e dos óleos de rícino e de alecrim nas propriedades de resinas acrílicas para prótese : uma revisão de literatura
Outro título Effect of extract of própolis and castor and rosemary oils on the properties of denture acrylic resin : a review
Autor Colpes, Jessica Maria
Orientador Fortes, Carmen Beatriz Borges
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Desinfecção
Óleo de rícino
Protese dentaria
Resinas acrilicas
[en] Acrylic resin
[en] Castor oil
[en] Color
[en] Denture base
[en] Extract of propolis
[en] Hardness knoop
[en] Rosemary oil
[en] Roughness
Resumo A higienização das próteses de resina acrílica é fundamental para a manutenção da saúde da mucosa oral, visto que o biofilme, que fica aderido à superfície da resina acrílica, abriga Candida albicans, principal patógeno envolvido na estomatite protética. Agentes de desinfecção sintéticos têm sido utilizados, indiscriminadamente, para auxiliar no processo de higienização dessas próteses. Com a finalidade de identificar substâncias alternativas ao uso destes agentes sintéticos, tem havido uma busca por produtos naturais, que apresentem uma ação antifúngica eficiente, especialmente para os microrganismos que fazem parte da microbiota oral. Dentro desse contexto, essa revisão de literatura teve como objetivo principal buscar evidências científicas sobre o efeito do extrato de própolis e dos óleos de rícino e de alecrim na cor, dureza e rugosidade superficial de resinas acrílicas utilizadas para prótese. Há poucos estudos na literatura que analisam os efeitos de higienizadores nas resinas acrílicas de uso odontológico, principalmente se considerados agentes desinfetantes de origem natural. Foram encontrados relatos de três estudos in vitro, que avaliaram as propriedades das resinas acrílicas após imersões em óleo de rícino e extrato de própolis, e nenhum relato sobre o óleo de alecrim. Foram identificadas várias limitações na metodologia dos estudos, o que diminui a confiabilidade nos resultados apresentados. Os três estudos mostraram que houve alterações nas propriedades das resinas acrílicas após imersões em todos os agentes de desinfecção, inclusive no controle. Até o momento, não foi encontrado nenhum agente de desinfecção ideal para as resinas acrílicas de uso odontológico; por isso, é fundamental intensificar as pesquisas científicas na busca desse agente. A relevância desse trabalho está justificada, principalmente quando se considera a vasta biodiversidade do Brasil e o número crescente da população de idosos, que são os usuários mais freqüentes de próteses de resinas acrílicas.
Abstract The hygiene of the acrylic resin denture is essential for the maintenance of the health of the oral mucosa, since the biofilm (which gets attached to the acrylic resin`s surface) harbors the Candida albicans, main pathogen involved in the prosthetic stomatitis. Synthetic disinfection agents have been used indiscriminately to aid in the process of maintaining the hygiene of those dentures. In order to identify alternative substances to the use of those synthetic agents, there has been a search for natural products that present an efficient antifungal action, especially against the microorganisms which constitute the oral microbiome. In this context, this literature review had as main goal to seek for scientific evidences on the effect of the extract of propolis and the castor and rosemary oils on the superficial color, hardness and roughness of acrylic resins used for denture. There are few studies in literature that analyze the effects of hygiene promoters on the acrylic resins of odontological use, especially if considered disinfecting agents of natural origin. Reports of three in vitro studies that assess the properties of the acrylic resins after castor oil and extract of propolis immersions were found, and no report about the rosemary oil. Several limitations were identified in the methodology of the studies, which diminished the reliability of the results presented. All three studies showed that there were changes in the properties of the acrylic resins after immersion in all of the disinfection agents, including the baseline. So far, no ideal disinfection agent for acrylic resins of odontological use was found; therefore, it is essential to intensify the scientific researches in pursuit of this agent. The relevance of this work is justified, especially when it is considered the vast biodiversity of Brazil and the increasing number of elderly population, which are the most frequent users of acrylic resin dentures.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132241
Arquivos Descrição Formato
000981995.pdf (483.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.