Repositório Digital

A- A A+

Bioestratigrafia e paleoecologia de depósitos neógenos e pleistocenos aflorantes na porção central e ocidental da Bacia do Solimões, Estado do Amazonas, Brasil

.

Bioestratigrafia e paleoecologia de depósitos neógenos e pleistocenos aflorantes na porção central e ocidental da Bacia do Solimões, Estado do Amazonas, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Bioestratigrafia e paleoecologia de depósitos neógenos e pleistocenos aflorantes na porção central e ocidental da Bacia do Solimões, Estado do Amazonas, Brasil
Autor Silveira, Rosemery Rocha da
Orientador Souza, Paulo Alves de
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Amazonas
Bioestratigrafia
Neogeno
Paleoecologia
[en] Biostratigraph
[en] Neogene
[en] Paleoecology
Resumo As 93 amostras palinológicas obtidas deste estudo são oriundas de 12 afloramentos relacionados às formações Solimões e Içá, na região de Coari (5 afloramentos) e Alto Solimões (7 afloramentos), Bacia do Solimões, no estado do Amazonas. Este trabalho apresenta os palinomorfos reconhecidos nestes depósitos (incluindo descrições quando necessárias), com registro fotomicrográfico, relativos a 11 taxons de esporos de fungos, 7 algas, 1 escolecodonte, 1 cisto de dinoflagelado, 31 esporos de pteridófitas, 2 grãos de pólen de gimnospermas e 48 grãos de pólens de angiospermas. Perfis compostos foram construídos para os depósitos aflorantes das regiões de Alto Solimões e Coari, com interpretação estratigráfica. A composição da palinoflora em ambas as áreas apresenta contrastes, sendo aquela de Alto Solimões a de menor diversidade, mas com maior abundância, em comparação com a de Coari. Na região do Alto Solimões há documentação de formas como Crassoretitriletes vanraadshooveni, Foveotriletes ornatos, Magnastriatites grandiosus e a ocorrência de um cisto de dinoflagelado, que confirma influência marinha local para a Formação Solimões. Na região de Coari foi verificado predomínio de esporomorfos, evidenciando contexto continental para as formações Solimões e Içá. Palinofósseis guias de zoneamentos palinológicos foram reconhecidos para a região do Alto Solimões, tais como Crassoretitriletes vanraadshooveni, Grimsdalea magnaclavata, Multimarginites vanderhammeni, Diphyes latiusculus, entre outros. A associação dessas formas permitiu posicionar os depósitos da Formação Solimões na região de Tabatinga e Atalaia do Norte entre o Serravaliano e o Tortoniano (Mioceno Médio/ Superior), com correspondência com a Zona Grimsdalea, pré-estabelecida para intervalo coevo da unidade. Para Coari as amostras foram posicionadas no Neomioceno/Plioceno, a partir do reconhecimento da Subzona de Intervalo de Fenestrites longispinisus, ainda que na área este apresente baixa frequência. Ainda na região de Coari são identificados depósitos mais jovens, a partir da presença de Alnipollenites verus, que indica idade Pleistocena.
Abstract The 93 pollen samples obtained in this study were the result of research 12 outcrops related to Solimões and Içá formations in the region of Coari (5 outcrops) and Alto Solimões (7 outcrops) in the state of Amazonas. This paper presents the recognized palinomorphs (including descriptions when necessary) and photomicrographs of 11 fungal spores, 7 algae, 1 escolecodont, 1 dinoflagellate cyst, 31 fern spores and 48 pollen grains of angiosperms. The composition of palinoflora in both areas shows contrasts with that of the Alto Solimões less diverse, but more abundantly in comparison with the Coari. In the Alto Solimões is no documentation of ways Crassoretitriletes vanraadshooveni, Foveotriletes ornamentos, Magnastriatites grandiosus and the occurrence of a dinoflagellate cyst, confirming local marine influence to the Solimões Formation. In Coari region was verified predominance of esporomorphs, showing the continental context for the Solimões and Içá formations. Guides species of zonal schemes previously proposed were recognized for the Alto Solimões, such as Crassoretitriletes vanraadshooveni, Grimsdalea magnaclavata, Multimarginites vanderhammeni, Diphyes latiusculus, among others. The association of these forms allowed positioning of the deposits of the Solimões Formation in the region of Tabatinga and Atalaia do Norte on the edge of Serravaliano-Tortonian intervals (Miocene Middle and Upper), with correspondence with the Grimsdalea Zone, preset to coeval range of the unit. To Coari samples were placed in Neomioceno / Pliocene, from the recognition Interval Subdivision of Fenestrites longispinisus, although in this area has a low frequency. Still in the region Coari younger deposits are identified from the presence of Alnipollenites verus, which indicates age Pleistocene.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/132294
Arquivos Descrição Formato
000983553.pdf (21.23Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.