Repositório Digital

A- A A+

A construção da linguagem escrita por crianças por meio das tecnologias tangíveis

.

A construção da linguagem escrita por crianças por meio das tecnologias tangíveis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A construção da linguagem escrita por crianças por meio das tecnologias tangíveis
Autor Ferreira, Ruhena Kelber Abrão
Orientador Del Pino, Jose Claudio
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Alfabetização
Ensino e aprendizagem
Ensino fundamental
Linguagem escrita
Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs)
[en] Tablet
[en] Tangible technology
[en] Written language
[es] Lenguaje escrita
[es] Tecnología tangíveis
Resumo Décadas atrás, o senso comum relatava o uso da informática desvinculado do processo de aprendizagem nas instituições escolares. Esta era tida ora como a salvadora da educação, ora como um recurso de entretenimento. A superação desse embate ocorreu através da integração efetiva do uso das Novas Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação e na mediação pedagógica dos professores envoltos nesse processo. Dessa forma, este trabalho tem por objetivo analisar o impacto das Novas Tecnologias – interfaces tangíveis – nas situações didáticas cotidianas. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, um Estudo de Caso descritivo, baseado em observações dos espaços das salas de aula, do mesmo grupo de crianças, entre junho de 2013 e abril de 2015, nos 1º, 2º e 3º anos do Ensino Fundamental de uma escola particular católica. Buscamos estabelecer relações entre a aquisição da linguagem escrita em textos convencionais e aqueles em hipertextos, assim como compreender como se estrutura a alfabetização científica e digital nesses espaços. A partir da análise das observações das aulas e entrevistas com os professores responsáveis das turmas acompanhadas no período citado, diversos recursos das interfaces tangíveis foram propostos na prática pedagógica voltada à aquisição da escrita de forma autônoma pelas crianças. Apresentamos, neste trabalho, uma análise crítica a partir de investigações dos aspectos considerados fundamentais para o desenvolvimento de artefatos digitais para o uso em salas de aula brasileiras, como a independência do computador pessoal, a acessibilidade, o engajamento, a adequação física da sala de aula, a adaptação curricular, o uso colaborativo, além da simplicidade da interface, pensada em um aluno que está na classe de alfabetização. A hipótese, confirmada neste trabalho, é a de que as tecnologias tangíveis se enquadram na categoria expressiva, em que o sujeito cria representações externas a um objeto, interagindo com ele, porém pensando não sobre ele, mas com ele, uma vez que, para compreender, pouco a pouco a criança passa a realizar agrupamentos mentais, expressando seus pensamentos e ideias. Assim sendo, essas experiências são possíveis de acontecer em espaços projetados de forma antagônica aos espaços tradicionais, pois, muitas vezes, a mesma é menos rígida, mais flexível, fato este que torna o ambiente agradável e, ao mesmo tempo, mais acessível, constituindo um ambiente, por vezes, híbrido, no qual as dimensões entre o caderno e o tablet coexistem e a fusão desses pares opostos de aquisição de linguagem escrita acontece.
Abstract Decades ago, common sense says the use of unrelated information of the learning process in schools. This was regarded either as a savior of education, or as an entertainment feature. Overcoming this clash occurred through the effective integration of the use of new Information and Communication Technologies in Education and the pedagogical mediation of wrapped teachers in this process.Thus, this study aims to analyze the impact of new technologies - tangible interfaces - in everyday teaching situations. It is a qualitative research, a Study descriptive case, based on observations of the spaces of the classrooms, the same group of children between June 2013 and April 2015, the 1st, 2nd and 3rd years of Primary Education a Catholic private school. We seek to establish relationships between the acquisition of written language in conventional texts and those in hypertext, as well as understand how to structure the scientific and digital literacy in these spaces. From the analysis of the observations of lessons and interviews with teachers responsible for the classes accompanied in the period cited various features of tangible interfaces have been proposed in the pedagogical practice focused on the acquisition of written independently by children. We present here a critical analysis from the research of the aspects considered essential to the development of digital devices for use in Brazilian classrooms, such as independence of the personal computer, access, engagement, physical suitability of the room class, curriculum adaptation, collaborative use, and the simplicity of the interface, designed in a student's literacy class. The hypothesis was confirmed in this study, is that the tangible technologies fall into the expressive category, in which the subject creates external representations to an object, interacting with it, but thinking not about him, but with him, since, for understand little by little the child begins to perform mental groups, expressing their thoughts and ideas.Therefore, these experiences are possible to happen in designed spaces in contrary to traditional spaces as often, it is less rigid, more flexible, a fact that makes the pleasant atmosphere and at the same time, more accessible, constituting an environment sometimes hybrid, in which the dimensions of notebook and tablet coexist and the merge these opposed pairs of written language acquisition occurs.
Resumen Decadas atrás, el censo común, relataba el uso de la informática desvinculada del proceso del aprendizaje en las instituciones escolares. La superación de este embate ocurrió a través de la integración efectiva del uso de las Nuevas Tecnologías de la Información e Comunicación en la Educación y, la mediación pedagógica de los profesores. De esa forma, este trabajo tiene por el objetivo analizar el impacto de las Nuevas Tecnologías – interface tangibles - en las situaciones didácticas cotidianas. Trata-se de una pesquisa cualitativa inspirada en el estudio de Caso. Para la realización de este estudio, se basó en observaciones de los espacios de los solones de aula. Fue acompañado el mismo grupo de niños entre junio de 2013 y abril de 2015 en los primeros, segundos y terceros años de la enseñanza Fundamental. Se buscó establecer relaciones entre la adquisición del lenguaje escrita en textos convencionales y aquellos en hipertextos, así como comprender como se estructura la alfabetización científica y digital en estés espacios. A partir del análisis de las observaciones de las aulas y entrevistas con los profesores responsables del grupo, diversos recursos de las interfaces tangibles fueron propuestos en la práctica pedagógica volteada a la adquisición de la escrita de forma autónoma por los niños. Presentamos, en este trabajo, una análisis crítica, investigando aspectos, los cuales consideramos fundamentales para el desarrollo de artefactos digitales, para el uso en los salones de aula brasileñas como la independencia de la computadora personal, accesibilidad, encajamiento, adecuación física de la clase, adaptación curricular, uso colaborativo, además de la simplicidad de la interface, una vez que los alumnos que están en la clase del alfabetización, siendo que la hipótesis de que las tecnologías tangíveis se encuadran en la categoría expresiva, en que el sujeto cría representaciones externas aquel objeto interactuando con él, pero pensando no sobre él, pero con él, una vez que, para comprender, poco a poco, el niño pasa a realizar agrupamientos mentales, expresando sus pensamientos e ideas. De esta forma, esas experiencias son posibles de acontecer en los espacios que fueron proyectados de forma antagónica a los espacios tradicionales, pues, muchas veces, aunque fuese una escuela católica, la misma es menos rígida, más flexible, fato este que, torna el ambiente agradable, al paso que, o torna más accesible, constituido un ambiente, por veces, híbrido, en lo cual las dimensiones entre el cuaderno y el Tablet coexisten y la fusión de estés pares opuestos de la adquisición del lenguaje escrita sucede.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/132298
Arquivos Descrição Formato
000983537.pdf (2.636Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.