Repositório Digital

A- A A+

Avaliação morfométrica do nervo laríngeo recorrente em cadáveres humanos

.

Avaliação morfométrica do nervo laríngeo recorrente em cadáveres humanos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação morfométrica do nervo laríngeo recorrente em cadáveres humanos
Autor Campos, Deivis de
Orientador Jotz, Geraldo Pereira
Co-orientador Xavier, Leder Leal
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Neurociências.
Assunto Análise morfométrica
Anatomia humana
Nervo laríngeo recorrente
Resumo Estudos anatômicos prévios demonstram uma assimetria morfológica em termos de comprimento de fibras e diâmetro destas no Nervo Laríngeo Recorrente (NLR). Estas assimetrias provavelmente estão relacionadas aos diferentes tempos de chegada do impulso nervoso à musculatura laríngea controlada por cada NLR. Conhecer as diferenças morfológicas entre os nervos direito e esquerdo poderá fornecer subsídios para elucidar os motivos pelos quais tais diferenças não afetam na função simétrica da musculatura laríngea. O objetivo desta investigação é estimar alguns parâmetros morfométricos como a área intraperineural; perímetro intraperineural; área; perímetro; densidade (número de fibras/mm2) e o número total de fibras do NLR direito e esquerdo de humanos. Os nervos direito e esquerdo foram coletados em oito cadáveres do sexo masculino. Os nervos foram seccionados em parafina e corados com Hematoxilina-eosina. Todos os parâmetros morfométricos foram medidos a partir de imagens digitalizadas com o auxílio do software Image Pro-Plus 4.1.; sendo estas, obtidas de secções histológicas (10 μm) da parte distal do NLR (de ambos os lados). Nenhuma diferença estatística foi observada com relação à área intraperineural; perímetro intraperineural; densidade (número de fibras/mm2) e número total de fibras entre ambos os lados. Porém, a área e o perímetro de fibras do lado direito são estatisticamente maiores quando comparadas com o lado esquerdo, 21 e 11%, respectivamente. Nossos resultados são congruentes com estudos eletrofisiológicos prévios do NLR, demonstrando haver uma diferença morfológica entre os nervos direito e esquerdo; podendo esta ser a fundamentação morfológica para explicar a diferença na velocidade de condução do impulso nervoso à musculatura intrínseca da laringe, controlada por cada nervo.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13233
Arquivos Descrição Formato
000643110.pdf (4.723Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.