Repositório Digital

A- A A+

O animal de companhia e a proteção animal urbana : pensando relações interespecíficas a partir da etnografia em Porto Alegre/RS

.

O animal de companhia e a proteção animal urbana : pensando relações interespecíficas a partir da etnografia em Porto Alegre/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O animal de companhia e a proteção animal urbana : pensando relações interespecíficas a partir da etnografia em Porto Alegre/RS
Autor Gauer, Viviane Hippmann
Orientador Lewgoy, Bernardo
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de Ciências Sociais: Bacharelado.
Assunto Animais de companhia
Animais de estimação
Cães
Gatos
Proteção animal
Resumo Inserido no âmbito da Antrozoologia, este trabalho intenciona pensar a relação humano-animal, tendo por enfoque a relação construída entre ativistas e simpatizantes da proteção animal urbana e os animais de companhia aos quais este movimento se dedica. A proteção animal urbana é um movimento que visa ao cuidado de animais domésticos urbanos – prioritariamente cães e gatos -, sendo composto por ativistas autodenominados como protetores, bem como por simpatizantes da causa, filiados ou não a Organizações não governamentais (ONGs). A pesquisa que embasou este trabalho foi realizada a partir da etnografia junto a grupos dedicados à proteção animal em Porto Alegre/RS, e complementada por entrevistas centradas não diretivas com ativistas do movimento. Ao refletir sobre esta relação, pôde-se explorar e questionar uma série de questões pertinentes, tais como: a forma como estes animais são compreendidos no contexto social contemporâneo; as relações pessoais de afeto com o animal de companhia, inserido na redoma do lar enquanto membro de uma família multiespécies; a especificidade da relação singularizada com o animal não humano; a atuação de um modelo de política de piedade na fundamentação interna e legitimação externa da proteção animal urbana; assim como a estruturação de discursos morais sobre a imagem de um animal idealizado e identificado como vítima. Por fim, foram citados alguns temas para possível exploração futura, como as controvérsias inerentes à redoma da proteção animal urbana, que apontam para uma rica pluralidade de formas de relacionar-se com o animal de companhia, e de pensar a existência deste.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132361
Arquivos Descrição Formato
000983396.pdf (998.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.