Repositório Digital

A- A A+

Sob o fardo do ouro negro : as experiências de exploração e resistência dos mineiros de carvão do Rio Grande do Sul na década de 1930

.

Sob o fardo do ouro negro : as experiências de exploração e resistência dos mineiros de carvão do Rio Grande do Sul na década de 1930

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sob o fardo do ouro negro : as experiências de exploração e resistência dos mineiros de carvão do Rio Grande do Sul na década de 1930
Autor Klovan, Felipe Figueiró
Orientador Petersen, Sílvia Regina Ferraz
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Historia.
Assunto Mineiros do carvao : Rio Grande do Sul : Condicoes de trabalho
Mineração : Rio Grande do Sul
[en] Coal miners
[en] Justice
[en] Labor
[en] Law
[en] Living conditions
[en] Strike
[en] Union
Resumo Durante o governo provisório e constitucional de Getúlio Vargas ocorreu a criação do aparato sindicalista corporativista no Brasil. A partir dessa conjuntura, o presente estudo analisa as condições que possibilitaram as estratégias de resistência dos mineiros de carvão do então município de São Jerônimo, no Estado do Rio Grande do Sul durante a década de 1930, contra a extrema exploração e opressão a que estavam submetidos através do desgastante e perigoso trabalho nos subsolos e da arquitetura mina-com-vila-operária. Nesse cenário da pesquisa, traça-se uma continuidade entre as condições de vida e trabalho, cultura e identidade de classe, inteligência própria, resistência individual, coletiva e organizada para compreender a eclosão de greves entre os anos de 1933 e 1935. Esses conflitos entre as Companhias extrativistas e os mineiros na arena jurídica e na pressão direta através da paralização da produção, auxiliam a entender muitos aspectos dessa comunidade encravada na região do Baixo Jacuí. A análise contempla, também, as condições peculiares da categoria mineira, os processos trabalhistas individuais, a refundação de entidades classistas como a FORGS e os sindicatos mineiros e as greves. Todos esses aspectos compõem experiências importantes para compreender a luta desses trabalhadores por direitos.
Abstract While President Getúlio Vargas was under his provisional and constitutional command, there was the execution of the so called union and corporatist labor machine in Brazil. From this conjuncture, the present study analyses the conditions that brought the resistance strategies of the coal miners in the so called town São Jerônimo, situated in Rio Grande do Sul State, during the 30’s, against the extreme exploration and oppression that labors were submitted to through the dangerous and irksome work in the underground mine and architecture-with-village-working. Under the prospect of the research, a guide continuity is traced between the living and working conditions, culture and class identity, own intelligence section, individual, collective and organized resistance to understand the outbreak of strikes between the years 1933 and 1935. These conflicts between the Extractive companies and miners in the legal field and the direct pressure through the break of production help to understand many aspects of this community nestled in the Lower Jacuí region. The analysis also includes the peculiar conditions of the mining category, individual lawsuits, the refounding of class entities as FORGS and miners unions and strikes. All these aspects make up significant experiments to understand the struggle for rights of these workers.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/132366
Arquivos Descrição Formato
000983656.pdf (12.17Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.