Repositório Digital

A- A A+

Concepções de Memória, História e Verdade em relatos de perseguidos da ditadura brasileira

.

Concepções de Memória, História e Verdade em relatos de perseguidos da ditadura brasileira

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Concepções de Memória, História e Verdade em relatos de perseguidos da ditadura brasileira
Autor Morais, Roberta da Silva
Orientador Rodeghero, Carla Simone
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de História: Licenciatura.
Assunto Anistia : Brasil
Ditadura : Brasil
Memória e História
Perseguição política
[en] Campaign for amnesty
[en] History
[en] Memory
[en] True
Resumo Este trabalho analisa as concepções de memória, história e verdade na forma como estes pressupostos aparecem em relatos de perseguidos da ditadura brasileira, com o objetivo de compreender de que maneira se configuraram as disputas de memória e verdade a partir da dimensão de luta e mobilização da Campanha pela Anistia. Esta análise se deu a partir do estudo de entrevistas do Projeto Marcas da Memória: história oral da anistia no Brasil. O trabalho está dividido em dois capítulos: no primeiro, apresento os relatos dos entrevistados no que se refere às impressões sobre a Lei da Anistia de 1979, analisando as diferentes apropriações feitas em torno da concepção de anistia. Em seguida, problematizo essas concepções, dialogando com autores que trataram sobre o tema. No segundo capítulo, abordo as temáticas da memória, da verdade e a inter-relação destes dois últimos pontos com o tema da história, problematizando a rede de significação atribuída a estas concepções.
Abstract This study analyzes the concepts of memory, history and truth in how these premises appear in persecuted’s report of the brazilian dictatorship, in order to understand how it shaped the disputes of memory and truth from the dimension of struggle and mobilization of the Amnesty Campaign. This analysis was given from the study of the interviews of the “Project Marks of The Memory: oral history of Brazil’s amnesty”. This research is divided in two chapters: first, I present the reports of respondents in which relates to the impressions of the Amnesty Law of 1979, analyzing the various appropriations made around the concept of amnesty. Then, I problematize these concepts, dialoguing with authors who have treated on the subject. In the second chapter, I discuss the themes of memory, truth and the interrelationship of these last two points to the theme of the story, problematizing the network of signification assigned to these concepts.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132377
Arquivos Descrição Formato
000983255.pdf (543.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.