Repositório Digital

A- A A+

Situando os comitês de ética em pesquisa : o sistema CEP (Brasil) em perspectiva

.

Situando os comitês de ética em pesquisa : o sistema CEP (Brasil) em perspectiva

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Situando os comitês de ética em pesquisa : o sistema CEP (Brasil) em perspectiva
Autor Fonseca, Claudia Lee Williams
Resumo Neste artigo, apoiando-me num conjunto de obras recentes, pretendo fornecer subsídios para “situar” os comitês universitários de ética (CEPs) no Brasil dentro dum contexto político e acadêmico mais amplo. Primeiro, ao rever a narrativa de origem dos CEPs, situando o surgimento deles nos EUA dos anos 1950 e 1960, sugiro que esse modelo seja mais adequado à resolução de riscos legais da pesquisa científi ca do que à garantia mais abrangente do proceder ético. Em segundo lugar, evoco estilos e espaços “alternativos” de participação popular no debate ético que permitem estranhar a ênfase dos CEPs em mecanismos de participação pontual e individualizada. Em terceiro lugar, considero a dimensão transnacional dos esforços para regular pesquisas científi cas envolvendo sujeitos humanos, especialmente na indústria farmacêutica. Finalmente, trato dos debates que circundam a aplicação do modelo dos CEPs à pesquisa em ciências humanas, sublinhando algumas provocações políticas que, especialmente na área de antropologia, têm levado a novas e desafi adoras perspectivas sobre a ética em pesquisa. Meu objetivo é contribuir para um arsenal de abordagens que combata receitas fáceis, garantindo que o debate sobre os modos de regulação da ética na pesquisa científi ca se mantenha aberto a uma diversidade de possibilidades criativas.
Abstract In this article, drawing on recent studies, we propose to situate the university- related ethical review boards in Brazil within a wider political and academic context. First, by re-examining origin narratives, focusing now on the 50s and 60s in the USA, we suggest that these boards are better adapted to the resolution of legal risks concerning scientifi c research than to the broader aim of guaranteeing ethical procedures. Second, we consider alternative styles and spaces of popular participation in ethical debates that allow us to rethink the Review Boards’ emphasis on mechanisms of episodic and individualized participation. Third, we consider the transnational dimension of efforts to regulate scientifi c research involving human beings, especially in the pharmaceutical industry. Finally, we look at debates surrounding the application of the Review Board model to the social sciences, highlighting political provocations that, especially in the area of anthropology, have given rise to new and challenging perspectives on research ethics. By combatting simplistic solutions, this article’s ultimate objective is to assure ongoing debate on the creative diversity of possibilities for guaranteeing ethical procedures in scientifi c research.
Contido em Horizontes antropológicos. Porto Alegre, RS. Vol. 21, n. 44 (jul./dez. 2015), f. 333-369
Assunto Antropologia
Bioética
Ética na pesquisa
Pesquisa etnográfica
[en] Bioethics
[en] Ethical review boards
[en] Ethnographic research
[en] Research ethics and regulations
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/132597
Arquivos Descrição Formato
000983186.pdf (161.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.