Repositório Digital

A- A A+

Análise do efeito do histórico de altas temperaturas de frenagem (FADE) sobre o atrito medido em pastilhas de freio

.

Análise do efeito do histórico de altas temperaturas de frenagem (FADE) sobre o atrito medido em pastilhas de freio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise do efeito do histórico de altas temperaturas de frenagem (FADE) sobre o atrito medido em pastilhas de freio
Outro título Analysis of the effect of high temperature brakings (fade) on friction obtained in brake pads
Autor Zart, Bruno Christiano Correa Ruiz
Orientador Neis, Patric Daniel
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Mecânica.
Assunto Engenharia mecânica
[en] Brake pad
[en] Fade
[en] Friction
[en] Recovery
Resumo Este trabalho tem como objetivo verificar se as alterações provocadas pelas altas temperaturas (efeito de fade) no desempenho tribológico do material (atrito e desgaste) afetam o volume total de uma pastilha de freio veicular ou apenas uma camada superficial (área atritada). Para isto, foram realizadas etapas compostas por uma série de frenagens com o intuito de comparar os coeficientes de atrito das etapas ocorridas após o efeito de fade com a etapa de assentamento (comportamento do material virgem). Estas frenagens foram realizadas no tribômetro do Laboratório de Tribologia (LATRIB) da UFRGS utilizando pastilhas de dois materiais semi-metálicos (SM) diferentes. Foram utilizados dois métodos para verificar a influência do efeito de fade sobre o atrito do material: análise gráfica e análise estatística ANOVA. Ambos os métodos mostraram resultados semelhantes. Verificou-se uma recuperação de cerca de 100% do atrito inicial para um material SM após o desgaste e remoção de uma fina camada, enquanto que para o segundo material SM a recuperação foi de 96%. Diante disso, existe a possibilidade que o efeito de fade seja dependente do material de fricção utilizado.
Abstract This study aims to verify if the changes caused by high temperatures (fade) on material’s tribological performance (friction and wear) affect the total volume of vehicular brake pads or just a thin surface layer of the rubbed area. Therefore, steps composed of a series of braking were performed in order to compare the friction coefficient that occur after the fade to the bedding-in (virgin material behavior). These brakings were performed on the tribometer of the Laboratory of Tribology of UFRGS, using two different semi-metalic (SM) brake pads. Two methods were employed to check the influence of the fade in friction material: graphical analysis and analysis of variance (ANOVA). Both methods showed similar results. It was found a recovery of nearly 100% for the first SM material after removal (wear and machining) of material from the sample’s surface, while for the second SM material recovery was of 96%, according to ANOVA. Thus, it was proved that the fade is material-dependent.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132632
Arquivos Descrição Formato
000984046.pdf (794.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.