Repositório Digital

A- A A+

Investigação das estruturas associadas ao vulcanismo ácido da Formação Serra Geral na Região de Aparados da Serra / RS

.

Investigação das estruturas associadas ao vulcanismo ácido da Formação Serra Geral na Região de Aparados da Serra / RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Investigação das estruturas associadas ao vulcanismo ácido da Formação Serra Geral na Região de Aparados da Serra / RS
Autor Benites, Susana
Orientador Lima, Evandro Fernandes de
Sommer, Carlos Augusto
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geologia.
Assunto Petrografia
Sensoriamento remoto
Vulcanismo
[en] Geoprocessing
[en] Paraná-Etendeka province
[en] Remote sensing
[en] Volcanic conduits
[en] Volcanic domes
Resumo A Província Magmática Paraná-Etendeka (PMPE), um dos maiores eventos vulcânicos do planeta, está associada à tectônica distensiva que ocasionou a ruptura do continente gondwânico e a consequente abertura do Oceano Atlântico Sul, durante o Cretáceo Inferior. Ocupa o noroeste da Namíbia na África, norte do Uruguai, nordeste da Argentina, Paraguai oriental e Brasil meridional. No Brasil, essas rochas são representadas pela Formação Serra Geral na estratigrafia da Bacia do Paraná. O magmatismo é dominantemente básico, com aproximadamente 97,5% de basaltos e andesi-basaltos de afinidade toleítica. O restante é representado por rochas ácidas que são divididas nos membros Palmas e Chapecó. A origem dos depósitos ácidos na PMPE ainda é tema de discussão, permanecendo a polêmica que envolve sua gênese por fluxos de lava e fluxos piroclásticos. Neste trabalho, os estudos são focados em feições geomorfológicas e estruturais identificadas por sensoriamento remoto que podem ter relação com estruturas vulcânicas, na região dos Aparados da Serra, compreendendo os municípios de Cambará do Sul, Bom Jesus e São José dos Ausentes. As imagens do satélite LANDSAT-5 serviram de base para traçar os lineamentos que compõem um plano de informação dentro do SIG. Os dados obtidos a partir da análise destas imagens mostram a predominância de estruturas de direção NE-SW. Dentre as feições geomorfológicas individualizadas a partir da análise de fotografias do satélite Google Earth, é evidente o predomínio de feições circulares com relevo positivo da borda para o centro e topo abaulado. Em campo, estas feições são representadas por morrotes com topos convexos arredondados a agudos. Já as feições circulares com relevo positivo da borda para o centro e topo aplainado, são representadas em campo, por morrotes de topos retos. As feições lineares geralmente são representadas por corpos alongados. Visto que as feições circulares e lineares apresentam características semelhantes em afloramentos, as unidades foram diferenciadas de acordo com as estruturas verificadas em campo. Foi possível comprovar a ocorrência de sistemas vulcânicos do tipo domos e condutos. As unidades individualizadas são formadas por dacitos, riodacitos e riolitos de afinidades toleíticas e caráter metaluminoso, sendo atribuídas ao Membro Palmas de alto Ti, variando entre os subtipos Caxias do Sul e Jacuí. As características de elementos traços apresentados pelas amostras estudadas são comuns em associações derivadas de fonte mantélica com significativa participação crustal. As unidades identificadas apresentam características de fluxos de lava. As unidades I e II correspondem a derrames de lavas ácidas vinculadas a erupções fissurais efusivas. As rochas da unidade III correspondem a domos vulcânicos, enquanto as rochas da unidade IV correspondem, provavelmente a condutos vulcânicos fissurais, sendo associados a extrusão de depósitos efusivos.
Abstract The Paraná-Etendeka Province (PEP), one of the largest volcanic events on the planet, is associated with extensional tectonics which caused the breakup of Gondwana and the consequent opening of the South Atlantic Ocean, during the Early Cretaceous. Covers the northwestern Namibia in Africa, northern Uruguay, northeastern Argentina, eastern Paraguay and southern Brazil. In Brazil, these rocks are represented by the Serra Geral Formation in Paraná Basin stratigraphy. The magmatism is predominantly basic, with approximately 97.5% of basalts and andesibasalts of tholeiitic affinity. The remaining is represented by silicic rocks which are divided in Palmas type and Chapecó type. The origin of silicic deposits in PEP is still a subject of discussion, the controversy remains about the genesis by lava flows versus pyroclastic flows. In this paper, the studies are focused on geomorphological and structural features identified by remote sensing that can be related to volcanic structures, in the region of Aparados da Serra, comprising the cities of Cambará do Sul, Bom Jesus and São José dos Ausentes. The images of the Landsat-5 satellite provided the basis for tracing the lineaments that compose a data layer within the GIS. Data obtained from the analysis of these images show the predominance of NE-SW direction structures. Among the individualized geomorphological features from the analysis of Google Earth satellite images, it is evident the predominance of circular features with positive relief from the edge to the center and dished top. In the field, these features are represented by hills with convex tops rounded to acute. However, circular features with positive relief from the edge to the center and top flattened, are represented in the field, by hills with straight tops. The linear features are usually represented by elongated bodies. Since circular and linear features have similar characteristics in outcrops, the units were differentiated according to the structures observed in the field. It was possible to prove the occurrence of volcanic systems of the domes and conduits types. The individualized units are formed by dacites, rhyolites and rhyodacites of tholeiitic affinity, and metaluminous character, being attributed to the high-Ti Palmas-type, varying from the Caxias do Sul and Jacuí subtypes. The characteristics of trace elements presented by the samples studied are common in associations derived from mantle source with significant crustal participation. The identified units present lava flows features. The units I and II correspond to silicic lava flows linked to effusive fissural eruptions. The rocks of the unit III correspond to volcanic domes, while the rocks of the unit IV match, probably match with fissural volcanic conduits, being associated with extrusion of effusive deposits.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132673
Arquivos Descrição Formato
000983917.pdf (19.70Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.