Repositório Digital

A- A A+

Formação Serra Geral (Cretáceo, Bacia do Paraná): um modelo análogo para reservatórios não convencionais fraturados

.

Formação Serra Geral (Cretáceo, Bacia do Paraná): um modelo análogo para reservatórios não convencionais fraturados

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Formação Serra Geral (Cretáceo, Bacia do Paraná): um modelo análogo para reservatórios não convencionais fraturados
Autor Silva, Luis Felipe de Sales Dorneles da
Orientador Mizusaki, Ana Maria Pimentel
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geologia.
Assunto Formacao serra geral
Vulcanismo
[en] Fracture porosity
[en] Serra geral formation
[en] Volcanic reservoir
Resumo A proposta deste trabalho é analisar um setor da Formação Serra Geral como modelo análogo para reservatórios não convencionais de hidrocarboneto no meio fraturado vulcânico, dando ênfase no estudo da porosidade por fratura. A área situa-se na borda sul do Planalto Meridional, Rio Grande do Sul, e está inserida dentro de um polígono demarcado pelas coordenadas geográficas (284910E/6779977S; 327086E/6716474S; 361531E/6710989S; 345915E6780143S), e faz parte do bloco morfotectônico Central- Missões. Foi realizado o estudo de geoprocessamento, e posterior trabalho de campo que forneceu amostras para análises em laboratório. A metodologia aplicada teve início com a visualização das áreas de interesse através de modelos digitais do terreno. E nessa imagem digital foram traçadas as estruturas compatíveis com os lineamentos da região em diferentes escalas. Algumas amostras de rocha foram utilizadas para visualização e avaliação, por microscopia eletrônica de varredura, de microestruturas, e descontinuidades. Também foram descritas por petrografia em microscópio óptico para a caracterização dos litotipos. Ao final do trabalho, dois lineamentos de médio porte foram identificados, sendo eles o lineamento retilíneo Rio Pardo (LRP) e lineamento curvo Gramado Xavier (LC), que por sua vez são fundamentais no contexto morfoestrutural da área de estudo. O lineamento Rio Pardo provavelmente corresponde a uma falha resultante da reativação mesozóica da Zona de Falhas Passo do Marinheiro (N200E) do Escudo Sul – Rio-Grandense e divide a área em dois blocos morfoestruturais denominados neste trabalho por bloco A que está na parte Leste da área de estudo e o bloco B localizado a Oeste. Dentre estes dois blocos, há um terceiro bloco intermediário "C", que está associado ao lineamento Rio Pardo. Através da integração de todos os dados coletados foi possível estabelecer que os blocos "A" e "C" apresentam uma maior densidade de lineamentos e foram considerados como um bom análogo para reservatório vulcânico fraturado.
Abstract The main objective of this research is to analyze the Serra Geral Formation as an analogous for non-conventional fractured volcanic reservoirs. The fracture porosity, typical of these reservoirs is here described and emphasized. The study area is located in the south border line of the Planalto Meridional, Rio Grande do Sul, roughly defining a polygon marked by the geographical coordinates (284910E/6779977S; 3270086E/6716474S; 361531E/6710989S; 345915E/6780142S) and indicates the morphotectonic block Central-Missões. The study of geoprocessing, field work and rock samples analysis were realized. The applied methodology began with the visualization of areas of interest through digital terrain models. At these digital images were drawn structures, compatible with the lineaments of the region, following several scales. Some rock samples were prepared and analyzed with a scanning electron microscope allowing the microfractures description. Lithologies as arenites, basalts and riolites were recognized with optical petrography. With the integration of these data it is proposed the presence of two medium scale lineaments named LRP (Lineamento Rio Pardo) e LC (lineamento Gramado Xavier). These two structures were fundamental to the morphostructural control of the study area. The LRP probably is a fault associated to the mesozoic reactivation of the Passo do Marinheiro Fault Zone (N20E), Sul-Rio-Grandense Shield. Also, divides the principal area into two morphostructural blocks: A (East portion) and B (West portion). Another block named C is recognized between A and B, associated with LRP. So, considering the integration of all data, it is proposed that A and B blocks have a great concentration of lineaments and can be considered as analogous for a fractured volcanic reservoir, especially when the fracture porosity is considered.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132675
Arquivos Descrição Formato
000983672.pdf (2.966Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.