Repositório Digital

A- A A+

Monitoramento de atividade física com acelerômetro em cães da raça Border Collie de diferentes ambientes

.

Monitoramento de atividade física com acelerômetro em cães da raça Border Collie de diferentes ambientes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Monitoramento de atividade física com acelerômetro em cães da raça Border Collie de diferentes ambientes
Autor Silva, Alessandra Ventura da
Orientador Alievi, Marcelo Meller
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Acelerômetros
Actigrafia
Atividade física
Caes : Border Collie
Etologia animal
Monitoramento clínico
[en] Accelerometer
[en] Actigraph
[en] Dogs
[en] Etology
[en] Physical activity
Resumo A avaliação da atividade física com o uso do acelerômetro é um método quantitativo, não invasivo, sendo mais preciso que métodos subjetivos, como questionários com proprietários, que podem muitas vezes induzir a erros. Seu uso pode ser relevante na rotina clínica para avaliações de terapias medicamentosas e cirúrgicas além de comportamentais. O presente estudo teve como objetivo quantificar a atividade física de cães da raça Border Collie que vivem em diferentes ambientes, como apartamento (grupo I), casa (grupo II), campo (grupo III) e centro de treinamento (grupo IV). Foram coletados os dados de 54 animais, sendo oito de apartamento, 18 de casa, 11 de campo e 17 em centro de treinamento de pastoreio, durante 72h com o uso do acelerômetro. O tempo de atividade sedentária foi maior em cães do grupo I em relação aos do grupo II e aos do grupo III. Já os cães do grupo IV tiveram maior tempo em atividade sedentária em relação aos do grupo III. O tempo de atividade leve a moderada foi maior no grupo III comparado ao grupo I e ao grupo IV, enquanto que o tempo de atividade vigorosa em minutos foi maior entre os cães do grupo II em relação ao grupo I. O tempo em atividade leve a moderada e vigorosa somados do grupo I foi menor que dos grupos II e III, enquanto o tempo do grupo III foi maior que do grupo IV. Contagem dos áxis integrados por minuto do grupo I foi menor tanto em relação do grupo II quanto III. Sendo assim, cães tem sua atividade física alterada conforme o ambiente e com exceção da atividade leve a moderada, animais de apartamento tem menos atividade física do que os de casa. Cães de casa e campo não tiveram nenhuma diferença de atividade física, bem como cães de apartamento e centro de treinamento nos parâmetros analisados.
Abstract The use of subjective methods to evaluate levels of physical activity, as owner questionnaires, may led to misguided information. The use of the accelerometer allows physical activity to be measured quantitatively. Therefore, comparison between different published data is possible. The use of the accelerometer in the clinical practice allows evaluating the outcome of medical and surgical treatment, as so behavior changes. In this study, we report the use of the accelerometer to evaluate the level of activity of 54 Border Collie dogs. The animals were divided in four groups according to their living status: eight animals lived in an apartment (group I), 18 in a house (group II), 11 in a farm (group III) and 17 in a shepherd-training center (group IV). The accelerometer was attached to the animal’s collar for 72 hours. The group I presented longer sedentary behavior than groups II and III. Group IV presented longer sedentary behavior than group III. Group III showed longer period of light-moderate physical activity when compared to group I and IV. For vigorous intensity of physical activity, the time spent by group II was longer than group I. The total time of light-moderate and vigorous physical activity of group I was smaller than groups II and III, while group III was superior to group IV. Group I integrated axis mean counts per minute was smaller than group II and III. Therefore, dogs modify their physical activity according to their living status. Apartment subjects showed less physical activity than home subjects, except in the light-moderate category. There was no statistic difference comparing house and farm living animals, nor apartment and shepherd-training center housing.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/132678
Arquivos Descrição Formato
000983859.pdf (821.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.