Repositório Digital

A- A A+

Caracterização dos escarnitos nos mármores de Vila Nova Do Sul, RS

.

Caracterização dos escarnitos nos mármores de Vila Nova Do Sul, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização dos escarnitos nos mármores de Vila Nova Do Sul, RS
Autor Portella, Manoela Brum Poitevin
Orientador Dani, Norberto
Remus, Marcus Vinicius Dorneles
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geologia.
Assunto Geotermobarometria
Hidrotermalismo
Magmatismo
Metassomatismo
[en] Geothermobarometry
[en] Hydrothermalism
[en] Magmatism
[en] Metasomatism
Resumo Os escarnitos estudados estão localizados nas proximidades de Vila Nova do Sul, RS e encontram-se hospedados em mármores da sequência meta-vulcanossedimentar do Complexo Metamórfico Cambaizinho, situado no Bloco (ou terreno) São Gabriel. São rochas cálcico-silicáticas de granulação relativamente grossa formadas por metassomatismo de infiltração. Os corpos de escarnito possuem expressão local, limitados a algumas porções do mármore e estão posicionados de forma adjacente aos corpos granitóides intrusivos. Sua mineralogia é variada, formada pela injeção e reação dos fluidos magmáticos de composição Si-Al-Fe com os mármores calcíticos. Os principais minerais que ocorrem são granada grossulária, diopsídio, titanita, wollastonita, calcita, clinozoisita, plagioclásio, quartzo, magnetita, com presença de sulfetos de ferro e cobre. Os escarnitos pertencem ao grupo dos escarnitos cálcicos de contato e são encontrados na forma de endo- e exoescarnitos. Nos exoescarnitos predominam a grossulária e calcita enquanto nos endoescarnitos a mineralogia é mais variada. Verificam-se dois episódios de magmatismo na área, um relacionado aos granitóides intrusivos deformados do Complexo Cambaí, que possui idade em torno de 700 a 750 Ma e outro mais jovem, o magmatismo Acampamento Velho, que possui idade de aproximadamente 550 Ma. As análises químicas dos escarnitos estudados mostraram teores muito baixos de MgO e altos teores de SiO2, CaO e Al2O3. Isto mostra que os fluidos introduziram dominantemente SiO2 e Al2O3 no mármores calcíticos. Sabe-se que os escarnitos foram originados em níveis crustais relativamente profundos e possivelmente formados sob temperaturas moderadas (400 a 500°C) em condições relativamente redutoras e de baixa pressão de CO2. O projeto visa melhorar o entendimento dos processos metassomáticos responsáveis pela geração de escarnitos e suas condições de formação, fazendo o uso de técnicas de petrografia, microscopia eletrônica de varredura, microssonda eletrônica, difração de raios X e análise litogeoquímica.
Abstract The skarns investigated in this research are located near Vila Nova do Sul, RS and are found hosted in marbles of the metavolcanic-sedimentary sequence of the Cambaizinho Metamorphic Complex in the São Gabriel Block. These are calc-silicate rocks, rather coarse grained, formed by infiltration metasomatism. The skarn bodies have local occurrence, limited to some portions of the marble and are found adjacently to the intrusive granitoid bodies. Their mineralogy is varied, formed by the injection and reaction of magmatic fluids of Si-Al-Fe composition with the host calcitic marbles. The main minerals that occur are grossular, diopside, titanite, wollastonite, calcite, clinosoizite, plagioclase, quartz, magenetite and also Fe and Cu sulfides. The skarns belong to the group of the contact calcitic skarns and are found as endo- and exoskarns. The exoskarns contain mainly grossular and calcite, while endoskarns have a more diversified mineralogy. There are two episodes of magmatism in the area, the first one is related to the intrusive deformed granitoids of the Cambai Complex, dating around 700 to 750 Ma, and the younger episode, the Acampamento Velho magmatism, has approximately 550 Ma. The skarn’s chemical analyses show a very low content of MgO and a high content of SiO2, CaO e Al2O3. It demonstrates that the fluids introduced dominantly SiO2 e Al2O3 in the calcitic marbles. It’s known that the skarns were originated in fairly deep levels of the crust and were possibly formed at moderated temperatures (400 to 500 °C) under reasonably reductive conditions and low CO2 pressure. This project intends to improve the knowledge about metasomatic processes responsible for the generation of skarns and their formation conditions, using technics such as petrography, EDS electronic microscopy, electron probe micro analyzer, X-ray diffraction and lithogeochemical analyses.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132696
Arquivos Descrição Formato
000983670.pdf (12.12Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.