Repositório Digital

A- A A+

Condicionamento estrutural da fusão parcial nos metamorfitos do Complexo Camboriú, Região de Camboriú, SC

.

Condicionamento estrutural da fusão parcial nos metamorfitos do Complexo Camboriú, Região de Camboriú, SC

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Condicionamento estrutural da fusão parcial nos metamorfitos do Complexo Camboriú, Região de Camboriú, SC
Autor Andres, Franciele Gonçalves
Orientador Bitencourt, Maria de Fatima Aparecida Saraiva
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geologia.
Assunto Granito Itapema
Migmatito
[en] Anatexis
[en] Camboriú complex
[en] Granite Itapema
[en] Migmatite
Resumo A fusão parcial assistida por água geralmente está associada a zonas de cisalhamento, devido à migração de fluidos aquosos para zonas de baixa pressão. O Complexo Camboriú situa-se na porção centro-leste do Escudo Catarinense, entre duas zonas de cisalhamento de expressão regional, e é composto por uma associação de metamorfitos orto- e paraderivados, assim como rochas magmáticas estruturadas de forma concordante. Essa associação apresenta um bandamento com direção principal NE, mergulhando geralmente com baixo ângulo para NW ou SE, caracterizando dobras de escala decimétrica a decamétrica. Na área de trabalho, munícipio de Camboriú (SC), os metamorfitos do Complexo Camboriú apresentam abundantes evidências de fusão parcial com geração de líquidos leucograníticos, comumente contendo titanita e hornblenda peritéticas, em protólitos correspondentes a ortognaisses bandados, anfibolitos maciços e gnaisses máficos foliados. Como a fusão parcial depende da composição e estrutura dos protólitos, além das condições de temperatura e pressão a que foram submetidos, compreender que fatores controlam este processo é fundamental. O desenvolvimento deste trabalho foi realizado com uma abordagem integrada de geologia de campo, geologia estrutural e petrografia. Foram utilizadas as técnicas de detalhamento estrutural e a análise petrográfica e microestrutural. Os dados obtidos em campo e nas microestruturas, apontam para diferentes trajetórias na progressão da fusão parcial dos diferentes metamorfitos do Complexo Camboriú. Nos gnaisses laminados a bandados, a fusão parcial é observada ao longo do bandamento, e conforme ela progride, tende a rompê-lo. Nos gnaisses máficos, a fusão parcial é observada pela geração de manchas irregulares de fusão in situ. A deformação é o principal controle estrutural da fusão parcial na área, e seus protólitos apresentam diferentes taxas de fusão parcial.
Abstract Water-assisted melting is usually associated with shear zones as aqueous fluids migrate to low pressure areas. Camboriu Complex is located in east-central Santa Catarina Shield, between two regional expression shear zones. It is composed by an orto- and parametamorphite association, as well as magmatic rocks structured in conformable arrangement. This association shows a main NE banding, with low dips to NW or SE, featuring centimetric to decametric folds, whose axis shows low plunge to SW predominantly. In the city of Camburiu (SC), the study area, Camburiu Complex metamorphites have abundant evidence of partial melting, which generates leucogranitic liquids. These liquids commonly contain titanite and hornblende peritectic and their protoliths correspond to banded orthogneisses, massive amphibolites and foliated mafic gneiss. Since the partial melting depends on the composition and structure of protholiths, alike to temperature and pressure, understanding factors that controls partial melting process in Camburiu Complex metamorphites is fundamental. This piece of work puts together field Geology, structural Geology and Petrography in an integrated approach. Not only structural detailing techniques but also petrographic and microstructural analyses were used. The obtained field and microstructural data point to unlike paths in the partial melting progression in different Camboriu Complex metamorphites. In laminated to banded gneiss, partial melting is observed during the banding, and as the melting progresses, the banding tends to be broken. In mafic gneisses, partial melting is observed in the generation of irregular in situ fusion patches. The deformation is the structural control of partial melting in these protolith.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132697
Arquivos Descrição Formato
000983789.pdf (5.362Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.