Repositório Digital

A- A A+

Reciclagem primária de não tecidos de polipropileno

.

Reciclagem primária de não tecidos de polipropileno

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reciclagem primária de não tecidos de polipropileno
Autor Souza, Stefani Gabriele Benvegnú de
Orientador Santana, Ruth Marlene Campomanes
Co-orientador Almeida, Rodolfo
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia de Materiais.
Assunto Engenharia de materiais
Resumo A indústria de nãotecidos é caracterizada por possuir em seu processo produtivo máquinas robustas e complexas com ritmo de produção ininterrupto no qual evitam-se paradas indesejadas, porém a necessidade de ajustes de parâmetros de processo para atender especificações de clientes, partidas de máquina, aparas e eventuais desestabilidades da linha, causam a geração de resíduo inerente ao processo. Tratandose o polipropileno (PP) de um polímero termoplástico com possibilidade de reciclagem e visando a redução de custos com matéria-prima e redução do impacto ambiental, neste trabalho foram avaliadas oportunidades de melhorias no processo de reciclagem Erema para nãotecidos de PP processadas por Spunbonded e Meltblown. Realizou-se testes em linha com diferentes parâmetros de processo durante a reciclagem, avaliando-se a influência da composição do nãotecido (Spunbonded ou Meltblown) nas características do pellet gerado e a influência da temperatura na degradação dos mesmos. Os diferentes tipos de PP reciclado obtidos na forma de grânulos foram analisados pelos testes de cor, índice de fluidez, reologia rotacional, cromatografia líquida de alta performance, e calorimetria diferencial de varredura. Os dados obtidos foram comparados com os dados da ficha técnica da resina virgem com intuito de dimensionar a utilização da resina reciclada no processo produtivo do nãotecido, considerando a dificuldade de processamento após a reciclagem devido à degradação. Os resultados dos ensaios mostraram que houve uma melhora considerável nas propriedades reológicas do PP reprocessado em condições mais brandas de temperatura. A diminuição da degradação decorrente da transformação do nãotecido para pellets possibilitou um aumento apreciável do percentual de reciclado utilizado para a produção do nãotecido, tornando o processo mais capacitado, sustentável e competitivo economicamente.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132708
Arquivos Descrição Formato
000984224.pdf (16.38Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.