Repositório Digital

A- A A+

A vigilância epidemiológica de agravos decorrentes de acidentes de trânsito em Porto Alegre : caracterização das fontes de dados existentes

.

A vigilância epidemiológica de agravos decorrentes de acidentes de trânsito em Porto Alegre : caracterização das fontes de dados existentes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A vigilância epidemiológica de agravos decorrentes de acidentes de trânsito em Porto Alegre : caracterização das fontes de dados existentes
Autor Livi, Karla Lindorfer
Orientador Kuchenbecker, Ricardo de Souza
Co-orientador Alves, Gehysa Guimarães
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia.
Assunto Acidentes de trânsito
Fontes de dados
Porto Alegre (RS)
Vigilância epidemiológica
[en] Epidemiological surveillance
[en] Information systems
[en] Mortality
[en] Road traffic accidents
[en] Traffic accident epidemiology
Resumo A dissertação tem por objetivo caracterizar as fontes de dados sobre acidentes de trânsito existentes em um município de grande porte (Porto Alegre-RS) visando o desenvolvimento e a implantação de um sistema de vigilância epidemiológica de lesões e mortes no trânsito. Para tanto, foi elaborado um modelo conceitual a partir da definição de Acidentes de Transporte Terrestre (ATT) e seus fatores determinantes, de modo a identificar oportunidades de registro das informações. Foram considerados aspectos relacionados à estrutura, processos, fluxos de informações geradas, e atores envolvidos na produção e utilização das mesmas. Partindo deste modelo e da definição de sistemas de vigilância epidemiológica, as fontes de dados foram descritas quanto as variáveis: lugar, pessoa e tempo, definição de caso, objetivos, descrição de componentes e funcionamento (população alvo, forma, método e tempo de coleta, armazenamento e transferência de dados); frequência de análise dos dados; a quem são destinadas e a forma de divulgação das informações; as intervenções às quais estão vinculadas e a possibilidade de identificação dos fatores de risco para acidentes de trânsito. Além disto, partindo do referencial teórico para estruturação de sistemas de vigilância epidemiológica de acidentes da OMS/CDC, foram identificadas potencialidades e limitações dos dados disponíveis nas diferentes fontes para vigilância de ATT. Foram estudadas seis fontes de dados: Sistema de Informação Sobre Mortalidade, Sistema de Internação Hospitalar Descentralizado, Inquérito de Violências e Acidentes em Serviços Sentinela de Urgência e Emergência da Vigilância de Violências e Acidentes, Sistema de Atendimento Pré-Hospitalar do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Cadastro de Acidentes de Trânsito da Empresa Pública de Transporte e Circulação de Porto Alegre, e Sistema de Informações Policiais da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Sul. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas com os responsáveis técnicos pelas bases de dados e análise de material documental disponível. O artigo descreve a forma de processamento, análise e divulgação dos dados, a utilidade e vinculação das informações em relação a processos decisórios e a identificação de fatores de risco para acidentes de trânsito. A descrição operacional das fontes dados, a caracterização das variáveis e a identificação de potencialidades e limitações para vigilância de ATT foram apresentadas como detalhes metodológicos adicionais. O estudo demonstrou que a coleta de dados primários ou secundários depende da oportunidade de acesso ao evento e o processamento, análise e divulgação das informações obedecem a atribuições e objetivos setoriais. Quanto à utilidade das informações e a vinculação dessas com processos decisórios, no setor saúde, estão voltadas para o planejamento e a gestão dos serviços. Nos órgãos de segurança e trânsito, para a segurança pública e viária, planejamento educação e engenharia de trânsito. Há escassez de dados relacionados à cena do acidente e a trajetória da vítima. A totalidade das informações produzidas pelas fontes estudadas caracteriza parcialmente os eventos, muitas vezes, não apontando a dinâmica do evento, quem foram os envolvidos e os fatores de risco associados de forma a auxiliar na determinação e causalidade e direcionar medidas de prevenção e controle. Tais resultados indicam a importância da qualificação dos dados primários coletados na cena do acidente e a padronização dos dados em relação a conceitos e terminologias. Para auxiliar na determinação de causalidade, apontar fatores de risco e subsidiar a tomada de decisão em saúde é fundamental à integração, relacionamento e compartilhamento de dados bem como análise multidisciplinar dos eventos.
Abstract The aim of this thesis is to characterize the sources of data on existing traffic accidents in a large municipality (Porto Alegre, Brazil) in order to develop and implement a system of epidemiological surveillance of injuries and deaths from traffic accidents. To do so, a conceptual model from the definition of Land Transport Accidents (LTAs) and its determining factors were prepared in order to identify opportunities of information records. Aspects related to structure, processes, generated information flows, and actors involved in their production were considered. On the basis of this model and the definition of epidemiological surveillance systems, the sources of data were described according to the variables: place, person, and time; definition of case; objectives; description of components and functioning (target population, form, methods, and time of collection, storage, and transfer of data); frequency of analysis of data; to whom the information is addressed as well as its form of dissemination; interventions to which the information is linked; and the possibility of identifying the risk factors for road traffic accidents. In addition, based on the theoretical framework for organization of systems of epidemiological surveillance of accidents of WHO/CDC, both potentialities and limitations on the data available in the different sources for surveillance of LTAs were identified. Six sources of data were studied: Mortality Information System, Decentralized Hospitalization System, Investigation of Acts of Violence and Accidents in the Sentinela (Sentinel) Urgency and Emergency Services of VIVA (Surveillance System for Acts of Violence and Accidents), System of Pre-Hospital Care of SAMU (Mobile Emergency Care Service), Records of Traffic Accidents of EPTC (Government-owned Corporation for Transport and Traffic in Porto Alegre), and System of Police Information of the Secretariat for Public Security in the State of Rio Grande do Sul. Data were collected by means of both semi-structured interviews with technicians responsible for the databases and documented material available. The article describes the form of processing, analysis and dissemination of data, utility and linking of information in relation to the processes of decision-making, and the identification of risk factor for road traffic accidents. The operational description of the source of data, the characterization of variables, and the identification of potentialities as well as the limitations on the surveillance of LTAs were presented as additional methodological details. The study showed that the collection of primary or secondary data depends on the opportunity to access the event and the processing, analysis and dissemination of information obey tasks and sectorial objectives. The usefulness of the information and its relation to the processes of decision-making in the health sector are related to the planning and management of services. In the agencies for security and traffic, they are related to public and road safety, planning, education, and traffic engineering. There is shortage of data related to the scene of the accident and the victim's course. All information produced by the study partially characterizes the events, often not pointing the dynamics of the event, who the involved were, and the associated risk factors, in order to help in determination and causality, and to direct both prevention and control measures. These results indicate the importance of the classification of the primary data collected at the scene of the accident and the standardization of data regarding concepts and terminology. In order to help determine causality, identify risk factors, and support the decision-making in health, record linkage, and data sharing as well as the multidisciplinary analysis of the events are essential to integration.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/132719
Arquivos Descrição Formato
000920242.pdf (745.9Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.