Repositório Digital

A- A A+

A geografia literária de Macunaíma : protocolos de leitura e a hegemonia do modernismo paulista (1922-1928)

.

A geografia literária de Macunaíma : protocolos de leitura e a hegemonia do modernismo paulista (1922-1928)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A geografia literária de Macunaíma : protocolos de leitura e a hegemonia do modernismo paulista (1922-1928)
Autor Passiani, Enio
Resumo A construção da hegemonia do modernismo paulista deu-se pelo trabalho de consagração de intelectuais posteriores à Semana de 1922, o início oficial do movimento no Brasil; e graças ao empenho do grupo paulista, capitaneado por Mário de Andrade, em oficializar sua posição como a mais legítima representante do modernismo nacional. O exercício de autoconsagração foi necessário devido às fraturas que revelavam a existência de muitos movimentos modernistas no país envolvidos na disputa por um certificado de autenticidade. Em meio às dissidências, os vários grupos adotaram como estratégia de combate a formulação e a divulgação de protocolos de leitura que se revelaram eficazes no estabelecimento de convenções literárias em detrimento de outras. Dentre os protocolos destaco a importância do romance Macunaíma. Espaço de experimentações estilísticas, o livro serviu também como manifesto implícito das próprias posições estéticas e políticas do autor, arremate literário de um projeto intelectual elaborado ao longo dos anos.
Abstract The construction of the São Paulo modernist hegemony was the result of the consecration work done by later intellectuals to the Week of 1922, the official start of the movement in Brazil; and thanks to the commitment of specific São Paulo group, led by Mario de Andrade, in his official position as the most legitimate representative of the national modernism. The exercise of self consecration was necessary due to fractures occurring within the movement itself, generating various groups involved in the dispute by a certificate of authenticity. Amid disagreements, various groups have adopted, as a strategy of combat, the formulation and dissemination of reading protocols that have proved effective to establish literary conventions over others. Among the protocols, I emphasize the importance of the novel Macunaíma: stylistic experimentation space, the book also served as implicit manifesto of aesthetic and political views of the author, literary final touch of an intellectual project developed over the years.
Contido em Arquivos do CMD. Brasília, DF. Vol. 3, n. 2 (ago./dez. 2015), f. 12-33
Assunto Andrade, Mário de 1893-1945. Macunaíma
Literatura brasileira
Modernismo
Protocolos de leitura
[en] Macunaíma
[en] Mário de Andrade
[en] Modernism
[en] Reading Protocols
[en] São Paulo Modernism
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/132722
Arquivos Descrição Formato
000983764.pdf (512.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.